Conheça a Ginástica Rítmica

Escrito por

A ginástica rítmica foi criada no século XX como uma derivação da ginástica olímpica. Saiba mais sobre ginástica rítmica e conheça os pré-requisitos para praticá-la.

Ao som de música, a ginástica rítmica une elementos da dança clássica e teatral, movimentos corporais que exigem alta precisão e flexibilidade e o manuseio de acessórios específicos.

Ela foi originada para prática exclusiva feminina; no entanto, na década de 70, foi desenvolvida a modalidade masculina no Japão, mais focada em resistência e força do que movimentos graciosos.

Ginástica Rítmica: Quem Pode Praticar

ginastica ritmica bolaPode-se iniciar a prática da ginástica rítmica por volta dos seis anos, e prosseguir sem limites de idade.

O tipo físico mais comum entre as atletas é esguio e sem tanta musculatura, ao contrário das esportistas de ginástica regular, que são mais fortes e baixas.

Força, agilidade, gosto pela dança, precisão, criatividade e flexibilidade são características que devem estar presentes na praticante – ou serem desenvolvidos ao longo das práticas.

É importante que não exista problemas prévios de coluna e articulações.

Características da Ginástica Rítmica

O objetivo da ginástica rítmica é oferecer um espetáculo esteticamente harmônico para quem assiste, e execução técnica energética, precisa e criativa para quem pratica.

ginastica ritmica fitaOs movimentos são fluidos, acompanham a música escolhida e são coordenados com um dos cinco acessórios da modalidade: a bola, a corda, as maças o arco e a fita. 

Eles são praticamente a marca registrada da ginástica rítmica, sendo a fita a mais celebrada deles.

Este é um esporte com base exclusiva no tablado, localizado no centro de um ginásio coberto. Ele é feito de material elástico que amortece os impactos dos movimentos das atletas. Elas nunca podem sair ou terminar suas apresentações fora dele.

O treinamento da coreografia da ginástica rítmica pode ser por comando direto, quando a repetição de tarefas é feita, e no ensino-aprendizagem, quando a própria praticante dá sentido aos seus movimentos.

Na prática, seu treinamento baseia-se no comando direto, que visa a repetição das tarefas, e no ensino-aprendizagem, através do qual a ginasta conheceria e identificaria a lógica de seus movimentos.

Seus movimentos básicos são:

  • Onda: movimentos ondulatórios que percorrem todo o corpo, podendo ser realizado na horizontal ou vertical;
  • Equilíbrio: puxar uma das pernas esticadas para cima, equilibrando-se no outro pé;
  • Pivô: girar 360 graus sobre um pé ou outras partes do corpo;
  • Moinho: formar círculo ao redor de seu próprio eixo, com a ajuda de aparelhos;
  • Véu: rotação da corda em volta da própria atleta.

As apresentações individuais duram em média 75 segundos, enquanto as coletivas levam em torno de 150 segundos. A Federação Internacional de Ginástica Rítmica define que a idade mínima para competições é de dezesseis anos.

Os países que mais se destacam nessa modalidade são a Rússia, países da ex União Soviética e Alemanha.

Benefícios para Saúde

ginastica ritmica juggleAlém de configurar como um exercício aeróbico, que aumenta os batimentos cardíacos e melhora a circulação, a ginástica rítmica trabalha muito o equilíbrio e a flexibilidade muscular.

A bilateralidade, necessária para formar movimentos simétricos e harmoniosos, é bastante incrementada.

O preparo físico paralelo é necessário às praticantes em nível competitivo. Alguns exercícios da ginástica olímpica podem ser empregados para desenvolver o corpo e algumas técnicas.

É importante sempre se recordar de que a ginástica rítmica exige alto nível de desenvolvimento técnico, o que inclui grandes exigências da parte física.

Ginástica Rítmica Masculina

Na ginástica rítmica masculina, os homens formam grupos de seis atletas cada e também manuseiam aparelhos, com exceção da fita.
Os arcos são menores – e são dois – e os bastões são mais longos.

Saltos verticais e a formação de elos entre os atletas (ou correntes) são movimentos mais comuns.

Quer saber aonde praticar ginástica rítmica na sua região? Acesse o link com a listagem das Federações de Ginástica locais.