Os Cinco Principais Esportes que Socializam

Escrito por

 

O aumento do convívio social e a melhora do humor são alguns dos benefícios de esportes coletivos.

Praticar atividades físicas interfere diretamente na saúde, diminuindo o estresse e auxiliando no controle de doenças cardíacas, respiratórias, hormonais e mentais.

A prática de esportes em grupo tem início desde o colégio. Durante as aulas de Educação Física, as crianças aprendem a socializar e a importância de cuidar bem do corpo.

Também trabalham a melhora da autoestima, do humor, além do aumento do condicionamento físico, do fortalecimento muscular, da coordenação motora e da flexibilidade.

Separamos cinco esportes para praticar em grupo que proporcionam bem-estar e diversão aos esportistas.

Futebol: O Esporte Coletivo Favorito

futebol bolaÉ o esporte mais conhecido no mundo e que o Brasil possui grande destaque. É também o que mais atrai a atenção dos jovens.

Jogar bola ensina as pessoas a conviver em equipe, aumentando a socialização, proporcionando ganho de força e massa muscular.

Estimula a circulação sanguínea, contribuindo na resistência cardiovascular, aumenta a densidade óssea e diminui a gordura corporal: perde-se cerca de 400 calorias em um jogo de 45 minutos – e aumentando a densidade óssea.

Também trabalha os músculos da coxa, panturrilha, glúteos, abdômen e costas.

Voleibol: Entre Toques e Saques

voleiO vôlei foi criado em 1895 com o objetivo de desenvolver uma disputa acirrada entre participantes que não devem deixar a bola cair no chão.

Para quem não gosta de contato físico, este é o esporte perfeito: você só deve ser preocupar com possíveis boladas, já que encostar em seus adversários é proibido.

Praticar vôlei pode eliminar aproximadamente 600 calorias durante uma hora de jogo. O esporte melhora a flexibilidade, resistência anaeróbica e aeróbica e a força, além da coordenação motora.

Escolha um bom modelo de tênis para não correr risco de lesão e aproveite para exercitar um grande número de músculos, como os do tríceps, antebraços, abdômen e as pernas, que ficam em constante movimento.

No Brasil foi desenvolvida a variação do futevôlei, misturando chutes e cabeçadas do futebol à regras do vôlei tradicional.

Basquete: Unidos por uma Cesta

basqueteO basquete promove uma disputa onde dez jogadores (cinco de cada lado) tentam colocar a bola na cesta do time adversário.

É ótimo para a saúde do coração e para o desenvolvimento do condicionamento físico.

Trabalha músculos como glúteos, quadríceps e panturrilha – pelo movimento da corrida – e fortalece os bíceps, tríceps, punhos e ombros – durante a ação de arremessar a bola.

Em relação à perda de peso, é o campeão: 800 calorias são eliminadas em uma hora de jogo, pois todo o time ataca e defende, a todo momento.

Handebol: Futebol com as Mãos

handebolExcelente para o desenvolvimento da capacidade cardiorrespiratória e da mente, tornando-a mais rápida e objetiva, o handebol se tornou popular no Brasil há alguns anos, mas garante inúmeros benefícios à saúde.

O jogo acontece com duas equipes de sete jogadores em quadra, incluindo o goleiro, que disputam para jogar a bola, com as mãos, dentro do gol.

O esporte é conhecido como um dos que mais utiliza o contato físico, por isso seja firme, mas sempre adepto do fair play.

Em média, 750 calorias são queimadas em uma hora de jogo. Trabalha diversos músculos, deixando-os mais firmes e fortes.

Melhora a circulação sanguínea e a condição cardiorrespiratória.

Hóquei: Socializando e se Exercitando no Gelo

hockeyComum nos países da América do Norte, o hóquei é composto por seis jogadores equipados com tacos especiais e patins de gelo, que tentam marcar gol golpeando um disco.

Ele traz um pacote completo de vantagens: é forte aliado no fortalecimento muscular, ativa o bem-estar pessoal, auxilia na perda rápida de peso (exige um alto gasto de energia pela necessidade de agilidade, queimando cerca de 570 calorias), estimula a coordenação motora devido ao controle exigido para controlar os patins e garante a tonificação muscular nas pernas e nos braços.

No Brasil, o esporte é conhecido por ser praticado na grama ou em quadras de cimento.