Dicionário das TINTAS. Palavras usadas em pintura!

Escrito por

P

 Permeável
Que permite a passagem do vapor de água sem danos.

Pigmento
Substância em pó, um dos componentes básicos de uma tinta ou massa.
Proporciona cor, poder de cobertura e massa à tinta.

Pincel
Objeto constituído de um tufo de pêlos ou de fibras fixado na extremidade dum cabo, e que se usa para aplicar tintas, verniz, cola, etc.

Pintura com esponja
Técnica de pintura em interiores na qual esponjas naturais são usadas para aplicar a última demão de tinta.

Poder de cobertura
Capacidade da tinta de encobrir uma superfície sobre a qual foi aplicada.
O poder de cobertura vem do pigmento da tinta e depende da espessura da camada aplicada e do nivelamento.

Polímero
Material semelhante ao plástico produzido a partir de monômeros que, por sua vez, foram produzidos de álcoois e produtos petroquímicos.
Alguns polímeros são usados como tinta látex e ligantes de seladores.
As partículas de polímero do ligante são pequenas e suspensas em água.
A mistura dessas partículas e água é conhecida por emulsão ou “látex”.

Ponto de combustão
A menor temperatura na qual os vapores de um líquido podem pegar fogo.

Ponto de condensação
Temperatura na qual o vapor de umidade do ar começa a condensar.

Pulverização
Método de aplicação no qual a tinta é aplicada sob pressão.
Tipos específicos de equipamento de pulverização são: aerossol, air less e ar comprimido.

PVA
Veja Acetato de polivinila.

PVC
Sigla em inglês para Concentração de Pigmento por Volume.
Relação do volume de pigmento com o volume total de material não volátil (i.e., pigmento mais ligante).
O valor, geralmente, é expresso em percentagem. Valores mais altos (40 a 75%) estão associados a tintas foscas e valores mais baixos (10 a 25%) a tintas brilhantes e semibrilhantes

 R

Rachadura
Formação de trincas numa película seca de tinta ou verniz, geralmente como resultado do envelhecimento ou de movimentos do substrato.

Radiação ultravioleta (UV)
A parte do espectro solar que causa danos aos revestimentos e à superfície de madeira não protegida.

Recortar
Pintar uma superfície adjacente a outra que não deve ser pintada.
Exemplo: pintar a moldura de uma janela, mas não os vidros.

Reflectância
Relação entre a luz que incide sobre uma superfície e a quantidade de luz por ela refletida.

Removedor
Preparado, geralmente líquido, para tirar manchas do soalho, de roupas, etc., ou remover verniz, esmalte, tinta de uma superfície.

Rendimento
Grau de cobertura, geralmente expresso em m2/litro.
O rendimento real varia com o método de aplicação, porosidade do substrato, etc. e com a natureza da tinta.

Repelentes de água
Acabamentos incolores para exteriores especialmente formulados para fazer com que a água forme gotículas sobre a superfície, reduzindo a sua penetração no substrato.

Resina
Material natural ou sintético utilizado como ligante numa tinta ou selador.
O termo é usado geralmente para ligantes de tintas à base de óleo ou látex, como “resina alquídica” ou “resina acrílica”.

Resistência a abrasão
Capacidade de uma tinta resistir quando esfregada com escova, esponja ou pano e sabão abrasivo.

Resistência a aderência
Capacidade de uma tinta resistir à adesão sobre si mesma quando usada em duas superfícies que entram em contato, por exemplo, porta e batente.

Resistência a algas
Capacidade de uma tinta resistir ao crescimento de algas na sua superfície.

Resistência a corrosão
Capacidade de uma substância resistir à deterioração provocada pela reação química com o meio externo.

Resistência a fungos
Capacidade de uma tinta ou massa resistir ao crescimento de fungos sobre a sua superfície.

Resistência a intempéries
Capacidade de uma tinta resistir aos efeitos de chuva, vento, sol e variações de temperatura, mantendo seu aspecto e integridade.

Resistência a manchas
Capacidade de uma tinta resistir a manchas.

Resistência a marcas
Capacidade de uma tinta resistir a marcas de pressão sobre a sua superfície.

Resistência a umidade
Capacidade de uma tinta resistir ao empolamento ou outros danos causados por umidade.

Resistência química
Capacidade de uma tinta resistir ao ataque de agentes químicos.

Respingo
Gotas de tinta que espirram do rolo quando uma tinta está sendo aplicada.

Respirar
Deixar passar a umidade do substrato através do filme seco.

Retenção de brilho
Capacidade de uma tinta conservar o brilho.
Aplica-se geralmente em tintas para exteriores.

Retenção de cor
Capacidade de uma tinta conservar a sua cor original e resistir ao desbotamento.
Esse termo é geralmente aplicado a tintas para exteriores.

Retoque
Aplicação de tinta em pequenas áreas para corrigir falhas, marcas, arranhões ou locais em que a cobertura foi deteriorada, para restaurar o acabamento.

Revestimento
Tinta, corante, verniz, laca ou outro acabamento que proporciona uma camada protetora e/ou decorativa.

Rolo
Cilindro sustentado por duas hastes que se ligam a um cabo usado para pintura principalmente de parede.
O cilindro é revestido de espuma ou lã de carneiro.