Dicionário das TINTAS. Palavras usadas em pintura!

Escrito por

 J

Junta
Intervalo ou espaço entre dois materiais de construção que se encontram.
Ex. dois azulejos ou uma banheira e a parede do banheiro.

 L

 Laca
Revestimento à base de material termoplástico sintético dissolvido em solvente orgânico.
Seca pela evaporação do solvente.

Látex
Dispersão fina de resina sólida em meio aquoso.
Também usado para descrever tintas diluídas com água, cujo veículo principal é látex.

Lavabilidade
Facilidade com que se elimina sujeira da superfície de tinta sem causar danos.

Levantamento de brilho
Formação de áreas brilhantes sobre uma superfície pintada como resultado da lavagem ou abrasão.

Levantamento de veio
Inchaço e surgimento de fibras curtas e retorcidas na madeira, causado pela absorção de um líquido, em geral a água.

Ligante
Nas tintas e seladores é o componente que une as partículas de pigmento, formando um filme uniforme, contínuo e favorecendo sua adesão ao substrato.
A natureza e a quantidade do ligante determinam, a maioria das propriedades de desempenho das tintas (lavabilidade, resistência, adesão, retenção de cor e durabilidade) e dos seladores (durabilidade, adesão e flexibilidade em baixas temperaturas).

Livre de aderência
Estágio na secagem de uma tinta no qual esta não é mais pegajosa.

Livre de pó
Estágio na secagem de uma tinta no qual as partículas de pó no ar não aderem sobre a tinta.

Lixador líquido
Produto químico usado para tirar o brilho de uma superfície pintada para melhorar sua adesão a outra demão de tinta.

Lixamento
Acabamento usado em paredes ou superfícies texturizadas.
Também é usado na preparação de superfície a ser pintada ou envernizada

 M

 Madeiras duras (madeiras de lei)
São madeiras provenientes de árvores de crescimento mais lento.
São mais resistentes, mais pesadas, mais bonitas e mais caras.

Madeiras moles (ou leves)
São madeiras provenientes de árvores de crescimento mais rápido.
São menos resistentes, menos pesadas, menos bonitas e mais baratas.

Marmorização
Técnica de pintura decorativa que imita os veios do mármore.

Massa corrida
Massa muito maleável usada para formar uma superfície contínua entre duas peças ou para reparar furos, rachaduras ou outros defeitos.
Depois de aplicada, ela é lixada antes de receber uma camada de pintura.

Massa de enchimento
Material espesso usado para nivelar superfícies de alvenaria muito ásperas.
É, geralmente, aplicado com pincel e, depois, pintado.

Massa
Termo genérico para compostos destinados a preencher trincas, emendas e juntas.
Depois de seco, podem ser lixados e pintados.
A massa não resiste a muita movimentação no substrato.

Metal mole
Designação geral para os Compostos de chumbo, que, no passado, eram usados como pigmento branco..

N

 Nafta
Solvente destilado do petróleo usado por pintores profissionais para limpeza e para afinar tintas à base de solventes.

Não voláteis
Componentes sólidos de uma tinta, constituída de ligante e pigmento.
É a parte da tinta que permanece sobre a superfície depois da secagem.

Napa
Fibras na cobertura de um rolo de pintura.

Nata
Camada que se forma na superfície de uma tinta ou selador armazenados, devido à exposição ao ar.

Nivelamento
Capacidade de uma tinta de formar um filme uniforme, sem marcas de pincel.
Tintas látex de alta qualidade geralmente têm nivelamento superior.

 O

Óleo de linhaça
Óleo secante obtido do linho.
É o óleo mais usado na indústria de tintas, principalmente em tintas domésticas e acabamentos para madeira.

Óleo de tungue
Óleo de secagem rápida obtido da noz do tungue, também chamado de óleo de madeira chinesa.
Geralmente usado em acabamentos finos de madeira.

Óleo vegetal
Óleo obtido de sementes e nozes de vegetais.

Opacidade
Capacidade de impedir a passagem da luz.
Uma tinta com alta opacidade encobre completamente o substrato.

Orgânico
Refere-se a substâncias derivadas de seres vivos e cuja estrutura molecular contém carbono.

Oxidação
Reação química ao oxigênio.
Por exemplo, a secagem de óleos em tintas à base de óleo ou o enferrujamento de ferro ou aço.