Arrumação da Casa: Como Ensinar seu Filho a Participar

Escrito por

Todos sabemos que não é simples mas faz muito bem às crianças participarem da arrumação da casa. É claro que começamos com atividades fáceis que aumentam de complexidade conforme os pequenos forem ficando mais velhos. A didática tem que ser positiva e divertida: cabe a você tornar esta tarefa uma nova brincadeira! Algumas dicas podem ajudar este novo começo.

Tarefas Curtas e Música

O tempo de cada tarefa de arrumação da casa deve ser o menor possível para a idade da criança. Assim não dá tempo de ninguém ficar entediado ou cansado.

Colocar uma música para tocar também ajuda no clima de descontração. Faz-se uma pequena festa doméstica.

Não Adie os Serviços Domésticos

Serviço adiado é serviço duplicado. Se alguém estiver com preguiça em um dia e não quiser limpar a mesa ou a pia da cozinha, lembre-o de que daqui a uma semana ele levará muito mais tempo para limpá-la. Afinal a sujeira e a bagunça terão aumentado.

É melhor levar cinco minutos semanais e quase nenhum esforço para uma tarefa do que 30 minutos mensais e muito suor para a mesma tarefa.

Ajudar em Casa: Filhos Muito Pequenos

Se seus filhos forem ainda muito pequenos, é claro que eles não saberão fazer uma atividade com a eficiência necessária. Mas vale a pena ficar ao lado deles, mostrando como se faz para que, futuramente, ele faça sozinho.

Se seu filho de 1 ano achar super divertido “tirar o pó” dos móveis da sala, siga atrás dele realmente limpando o que ele vai apenas espalhar. Mas o hábito já está sendo criado nele, desde pequeno.

Dicas Valiosas

Paciência
Não entre em pânico se as crianças levarem um tempo para aprender a fazer cada tarefa corretamente: tenha paciência e explique de novo, mostrando como se faz para depois deixá-los fazer.

criança aspiradorCada um tem seu jeito
Cuidado para não tirar o estímulo deles ou gerar brigas por causa do “jeito certo” imposto pelos adultos. Aos poucos, eles vão aprendendo o padrão de funcionamento da casa.

Prêmios e brincadeira

Faça gincanas ou competições para estimular os pequenos: por exemplo, quem arrumar o quarto primeiro define qual será o passeio do domingo de manhã.

Flexibilidade: deixe seu filho escolher o serviço doméstico

Tente não impor as atividades para cada um, se eles puderem escolher o que querem fazer, farão com mais vontade e mais eficiência.

Pode ser que uma das crianças se incomode muito com o barulho do aspirador de pó, por exemplo, e você não sabe.
Ela vai preferir limpar o jardim para ficar longe do barulho e vai fazer a tarefa com mais prazer.

Todo mundo junto

Não existe melhor motivação para uma criança do que trabalhar junto com um adulto, “ajudando” o pai ou a mãe. Assim, saber que não só ela está limpando as janelas, mas todos estão com uma tarefa também, faz toda a diferença.

Por isso estabelecer um período no final de semana para a faxina em grupo é importante.