Plantas Suculentas em Arranjos de Vaso ou Jardim

Escrito por

 

Plantas suculentas são também conhecidas como as de folhas gordinhas e têm reserva de água em seus tecidos (raízes, ramagem e folhas).

Elas estão presentes em várias famílias, tais como:

Conheça mais sobre as suculentas em nosso artigo Diferenças entre Cactos e Suculentas.

Uso Ornamental das Suculentas

crassula

Crássula

Nos jardins o sucesso das suculentas como forrações é indiscutível, pois protegem o solo do canteiro, evitando a excessiva evaporação das águas de rega e permitindo que as outras plantas vizinhas tenham mais água disponível.

Na grande maioria são de pequeno porte e não realizam competição muito grande com as outras plantas, pois suas raízes são pouco profundas.

O fator luminosidade é importante, pois são plantas oriundas de regiões de intensa luminosidade, com sol direto na maioria do dia.

Quando plantamos arbustos no canteiro com forração de suculentas, deveremos combinar plantas que tenham a mesma necessidade hídrica e luminosidade.

Se o tipo de substrato for diferente, não é problema. Como exemplo, o jasmim-do-cabo (Gardenia jasminoides) e o calancoe-fantasma (Kalanchoe fedtschenkoi).

O jasmineiro requer substrato mais ácido, em torno de 4,8 e o calanchoe mais próximo ao neutro, em torno de 6,8 até 7,5.

Dicas para a Combinação de Suculentas

rosinha-de-pedra

Rosinha-de-Pedra

A cova de plantio do arbusto deverá ser maior em diâmetro e sua preparação com substrato mais ácido deverá revestir as paredes na lateral também.

Deixar um espaço ao redor do diâmetro do arbusto sem forração.

Como as suculentas necessitam de preparação do canteiro numa profundidade de até 15 cm, a sensibilidade do arbusto de cultivo ácido e da suculenta de cultivo mais neutro não será afetada.

Já em vaso isto será mais difícil, recomendamos que a combinação de arbusto e suculentas tenham o mesmo tipo de substrato.

Plantio de Suculentas em Vasos

espada de são jorge

Espada de São Jorge

Mas não somente em canteiros podemos cultivar plantas e suculentas, mas também em vasos, aumentando assim o efeito cênico em jardins com pisos, também em sacadas e espaços internos.

O cultivo em vasos de suculentas é atualmente um interessante passatempo alavancando a produção e o comércio deste tipo de plantas, que podem ser cultivadas no país todo, inclusive em regiões mais ao Sul.

Podem ser cultivadas sozinhas ou em combinações de folhas, cores e texturas.

Também a combinação de suculentas e cactáceas de pequeno porte tem um efeito muito bom.

Recipientes os mais variados podem ser utilizados, desde o tradicional vaso de cerâmica, até os mais modernos de polietileno, além de embalagens descartáveis de latas de chá ou xícaras trincadas.

A imaginação de quem cultiva suculentas pode ser infinita.