Crássula (Crassula Multicava)

Escrito por

A nativa africana crássula adora locais iluminados, mas cresce bem na sombra. Veja a seguir.

Nome botânico: Crassula multicava Lemaire
Nome popular: crássula
Angiospermae – Família Crassulaceae
Origem: África do Sul

Descrição

crássula

Crássula em vaso

Planta herbácea suculenta de altura em torno de 0,30 m, que forma touceira sem dimensão mensurável. Formato arredondado.

As folhas são ovais arredondadas na ponta. As flores, bem pequenas, rosadas ou brancas, surgem do final do inverno até à primavera.

Tolerante ao frio e maresia, pode ser cultivada em todo o país.

Como plantar a crássula

Local ensolarado, mas tolera sombras à tarde. Necessita de solo enriquecido com abonos e bem particulado para boa drenagem.

Tolerante à seca, é ideal para jardins de baixa manutenção, como jardins rochosos.

Como substrato, usar areia grossa de construção misturada a húmus de minhoca na proporção de 2:1, podendo acrescentar cerca de 100 gramas de adubo de aves bem decomposto.

Em canteiros abrir uma cova pouco maior que o torrão, colocar a mistura e plantar.

Regar em seguida. Quando a muda estiver estabelecida, espaçar as regas.

Pode ser cultivada em vasos, sozinha ou com plantas de mesmas necessidades hídricas que usem o mesmo tipo de substrato recomendado.

Para manutenção, retirar as inflorescências secas e adubar a cada dois anos, com a mesma mistura usada para plantio.

Em cobertura vegetal, usar o espaçamento de 0,50 m entre mudas; ou 0,30 m quando do plantio isolado em conjunto com outras de mesma necessidade hídrica.

Mudas e propagação

crássula

Flores (crassula multicava)

A propagação é feita por estacas de ramos após a floração: retireo pedaços da planta com 0,15 m de comprimento e coloque sobre jornal para secar.

Em seguida plante em areia de construção umedecida, deixando em cultivo protegido até o enraizamento.

Após notar desenvolvimento da planta, transplantar para recipientes ou canteiro com o mesmo tipo de mistura recomendada.