Plantas Alimentícias Não Convencionais (PANC)

Escrito por

Já ouviu falar de plantas ou partes de plantas que podem ser consumidas, mas que normalmente não vemos em feiras e supermercados?

Pois existem muitas, acessíveis a todos, podendo representar uma fonte de energia para as pessoas.

Algumas são ornamentais, outras são encontradas na natureza. Podem ser partes de folhas, flores e rizomas e raízes, que preparados da forma adequada e que podem incrementar os pratos do dia a dia.

Alguns pratos regionais brasileiros contêm partes destas plantas, tais como o ora-pro-nobis, prato mineiro muito apreciado que usa flores e folhas de um cacto arbustivo, a Pereskia.

Muitas ervas encontradas em terrenos baldios têm potencial fitoterápico e são também comestíveis, como é o caso do mastruço (Coronopus didymus) e do chapéu-de-couro (Echinodorus macrophyllus).

Espécies de Plantas Alimentícias Não Convencionais

Dentre o grande universo das plantas não convencionais que podemos consumir, separamos algumas. Confira a seguir.

Ora-pro-Nobis

ora-pro-nobisA ora-pro-nobis é o único cacto com folhas.

Conforme a espécie poderá ter flores brancas (Pereskia aculeata), rosa (Pereskia grandiflora) e laranja (Pereskia bleo).

Na culinária mineira e em outras partes do mundo as folhas são usadas em refogados com carne ou frutos do mar.

Seus frutos podem servir para o preparo de mousses e as flores em saladas cruas ou salteadas com ervas finas.

Mastruço (Coronopus didymus)

O mastruço é uma erva anual de terrenos baldios e invasora de horta. É considerada medicinal e contém proteína e muitas vitaminas.

Suas folhas pequenas e talos tem odor e sabor forte e são usadas em bolinhos fritos, refogados acompanhando pratos de carne e em risotos.

Chapéu-de-Couro (Echinodorus macrophyllus)

Planta herbácea reconhecida como medicinal na medicina caseira como antimicrobiana.

As folhas do chapéu-de-couro podem ser usadas frescas para preparar chás que podem ser quentes ou gelados servidos como refrescos.

Alstromélia (Alstroemeria caryophyllacea)

astromeliasA alstroméria é uma planta nativa usada como ornamental para maciços de tamanho médio.

O uso de suas raízes tuberosas em purês, fritos e mesmo salteados com ervas finas é muito apreciado.

Dália (Dahlia pinnata)

A dália é uma herbácea de raízes tuberosas, muito apreciada como ornamental. Suas flores são encotnradas em diversas cores e podem ser consiumidas na forma de saladas ou para confeccionar geleias.

As raízes tuberosas podem ser usadas para geleias, cozidas em água ou sal ou fatiadas e fritas.