Pimenta!

Escrito por

Pimentas , sabor e aroma !

Séculos atrás as pessoas já apreciavam o sabor, o aroma que as pimentas davam à comida.

Na Europa os comerciantes percorriam longos e perigosos caminhos até a Índia, onde havia cultivo da pimenta-do-reino (Piper nigrum) para satisfazer a demanda do mercado pelo produto.

Com a descoberta das Américas conheceram os frutos de uma planta que tinha aparência diferente, mas também possuía ardor e aroma para dar sabor às receitas.

Originária das Américas, o gênero Capsicum não pertence à mesma família da pimenta-do-reino.
Esta é da família botânica Piperaceae e são usadas suas sementes, enquanto o gênero Capsicum é da família Solanaceae, a mesma do tomate e batata inglesa.

Levada para a Europa pelos navegadores a novidade se espalhou e hoje é um ingrediente comum na culinária dos povos do mundo inteiro.

A ardência da pimenta

Pimentas Dentro do gênero Capsicum encontramos um grande número de exemplares diferentes, com os frutos de formas e colorações variadas bem como pungência e aroma mais ou menos definidos.

Mas o que é pungência?
É o teor de ardência do fruto quando colocamos na boca?

Um químico de nome Scorville desenvolveu um método para medir o “calor” baseado em testes feitos por pessoas.
Ele misturou pimenta pura com água e um pouco de açúcar.

O teste é usado ainda hoje e consiste no seguinte: à medida que é preciso acrescentar mais xícaras de água e açúcar para diluir a pungência, mais forte é o valor na escala de Scorville.

O que dá a ardência nas pimentas?

É um composto de elementos, com maior quantidade de capsaicina (fórmula 8-metil-N-vanilil 1-6-nonamidas) e está presente nas pimentas que conhecemos e que pertencem ao gênero Capsicum.

temperos_pimentas_caixasQuando pura a capsaicina é inodora, incolor e hidrofóbica.

Quando colocamos na boca alimentos com pimentas esta substância ocasiona uma queimadura em contato com o tecido da boca, faringe e estômago.

Outros componentes fazem parte junto com este elemento e são conhecidos como capsaisóides, sendo produto do metabolismo secundário das plantas.
Elas desenvolvem estes elementos para ajudar na dispersão das sementes pela avifauna selvagem.

Os pássaros não sentem o ardor da pimenta, para eles atua como anestésico.

Ao comer e depois largar suas fezes as sementes são disseminadas por todas as regiões, germinando facilmente.
Em humanos e demais mamíferos isto não ocorre, as sementes não germinam.

Uso medicinal e nutricional da pimenta

temp_pimentas

Mas o que acontece quando ingerimos alimentos com pimenta?

A capsaicina ao ser ingerida estimula o cérebro que libera endorfirna, com sensação instantânea de bem estar, o mesmo que ocorre com o chocolate.

Pomadas com pimentas são elaboradas com óleos vegetais e cera de abelha para dores de artrite em aplicação tópica.

Também é eficiente para aliviar dores de dente, recomendada para bronquite, enxaquecas e diminuir a congestão nasal em gripes e resfriados.

Fotos utilizadas sob licença Creative Commons: Luiz Fernando / Sonia Maria