Festa das Flores em Ivoti

Escrito por

Festa das Flores

A arte dos arranjos florais

Ivoti – a cidade das flores

Ivoti é uma cidade pequena na Grande Porto Alegre, conhecida como a cidade das flores.
Inúmeros produtores de ornamentais encontram-se no município e nos arredores.

Festa das Flores - bosque paisagismoA cidade começou no que hoje é conhecido como bairro Feitoria, num local denominado carinhosamente de Buraco do Diabo.
Situa-se na várzea do arroio Feitoria e há uma pequena rua com casas de enxaimel características da colonização alemã e que datam de 1826.

Ali são realizadas as festas do Município, entre as quais a mais famosa é a Feira das Flores.

Este ano fui contratada pela prefeitura de Ivoti para realizar um projeto paisagístico para o local. Em duas partes, um definitivo, com plantas permanentes e outra para a festa citada.
A festa ocorreu dias 30,31 de outubro,1 e 2 de novembro de 2009.

Graças à excelente produção de flores pudemos planejar e executar o paisagismo, sempre com a ajuda dos talentosos e incansáveis jardineiros da Prefeitura.

No primeiro canteiro na entrada da rua, para saudar os visitantes, escreveu-se o nome Ivoti, feito com grama preta (Ophiopogon), rodeada de flor-de-mel (Alyssum) branco, com ilhas amarelas de tajetes (Tajetes), cores do município.

Faltou ali a cor azul que também faz parte, mas esta foi distribuída em jardineiras espalhadas pelos diversos espaços.

Ao visitante que entrava grandes vasos com fórmios (Phormium), dracenas (Dracaena marginata) e tajetes surpreendiam e encantavam.

Festa das Flores – Arranjos de flores em canteiros e cestos

Longos canteiros com alegrias-de-jardim e flor-de-mel brilhavam ao sol e vasos suspensos nos postes com gerânios (Pelargonium peltatum) e rosinha-de-sol (Aptenia) alegravam os visitantes.

Também para enfeitar a festa, grandes cestos de cipó com mudas novas de buriti (Mauritia flexuosa) rodeadas por margaridinhas coloridas (Chrysanthemum) em rosa, branco e amarelo foram espalhados por todos os recantos, dando uma nota festiva.

Uma tartaruga feita de plantas suculentas

Realizamos também um trompe l‘oeil, uma figura de uma tartaruga, feita de terra coberta de grama preta e rosas-de-pedra (Echeveria).

Paisagismo em bosque e açude

Festa das Flores -  paisagismo acude e bosqueNo bosque de árvores preservadas foram espalhados bancos pintados de branco e grandes cachepôs de madeira rústica, com begonias (Begonia semper florens),balsaminhas(Impatiens walleriana)lobélias (Lobelia) e alegria-de-jardim (Salvia splendens).

As famílias e amigos ali se reuniram, fugindo do sol forte, nas ilhas de vegetação colorida criados especialmente para dar a ambiência ao local.

Um pequeno açude do bosque foi ornamentado com plantas adequadas, para encantar os visitantes.
Foram utilizadas begonias-de-jardimbalsaminaspeperomias (Peperomia scandens)samambaias (Nephrolepis)e bromélias coloridas.
Mudas de papiro-anão (Papirus) colocadas à beira d’água atraiam pequenas carpas vermelhas, fazendo o deleite das crianças.

Uma fonte feita de jarro de cerâmica e bacia sobre pedras

Festa das Flores -   fonte ceramicaUma fonte feita de jarro de cerâmica e bacia sobre pedras tornou-se uma atração para as máquinas fotográficas.

Foram ali colocadas uma bromélia imperial (Alcantarea)tajetes e gazânias (Gazania), num canteiro irregular.
Somente para a festa, uma enorme palmeira triangular rodeada de margaridinhas combinava com os cestos de flores.

Diversos recantos foram decorados para encantar os visitantes e pelos clics de máquinas fotográficas temos a certeza de que as decisões foram certas.

Parceiros do município fizeram pequenos recantos ornamentados, em jardins temporários.

Após a retirada das plantas e estruturas colocadas por eles, daremos continuidade ao projeto, com a implantação do jardim definitivo, com árvores, palmeiras, arbustos e herbáceas, numa decoração permanente.

Fotos utilizadas sob licença Creative Commons: Mukumbura