Cuidados com as plantas durante o inverno-primavera!

Escrito por

Calendário de tarefas de Jardinagem

Acreditamos que todo o jardineiro experiente saiba a época em que deve fazer as suas tarefas no jardim.

Conhece as plantas e respeita seus ciclos de floração, crescimento, frutificação, dormência e aprecia cada etapa da vida delas.

Mas para quem se inicia na arte da jardinagem por vezes poderá parecer confuso, saber a hora de podar, adubar, trocar de vaso.

O que fazer com o tapete verde do gramado, está com inços, podar ou não podar, adubar ou não adubar?

Estamos iniciando aqui a colocação de algumas tarefas de jardinagem, com abordagem simples, para servir de guia para quem se aventura no jardim com o podão, pazinha e o coração cheio de boa vontade e incertezas.

Iniciaremos pela estação fria que agora ocorre numa grande parte do país e que se caracteriza pela grande mudança no visual das plantas.
No outono, folhagens avermelhadas, caída de folhas. No inverno, algumas árvores despidas de folhas lembram paisagens européias.
As tarefas de jardinagem são poucas. Há um compasso de espera.

Dentro de semanas, as plantas iniciarão a acordar, sua seiva a correr mais rápido e como em tudo, começa um frenesi de corrida contra o tempo.
O jardineiro inexperiente olha ao seu redor e vê muita coisa por fazer. Vamos então, começar por aqui a por ordem nas tarefas.

Também para o restante do país que tem clima diverso, onde as plantas estão sempre verdes, floridas, há muito trabalho a fazer.
Para regiões quentes, o inverno do sul pode ser estação de seca, pois seu inverno tem época diferente para acontecer.
Mesmo assim, as tarefas no jardim não podem parar, pois o calor e o sol propiciam o desenvolvimento das plantas sem parar.

 Cuidados no Jardim no Inverno

1 – Podar os arbustos caducifólios quando apresentarem sintomas de fim da dormência das gemas: videira, roseira, pessegueiro-de-jardim.
Cada planta tem um tipo de poda que deverá ser seguido.

2 – Poda das trepadeiras que não estiverem floridas.
Dar forma, reduzir o tamanho e retirar ramos secos ou improdutivos.

3 – Para regiões quentes, devem ser feitas a poda de galhos secos, improdutivos, e os que estão fora da copa desejada para a espécie.
Os buxinhos precisam ser cortados semanalmente para manutenção adequada da forma.

Limpeza e adubação

1 – Limpeza geral do jardim, eliminando ramos secos das plantas em geral. É recomendação válida para todo o país, seja qual for o clima.

2 – Limpeza e adubação orgânica das touceiras das orquídeas terrestres como a Phaius e adubação mineral das que florescerão na primavera, como os dendrobios.
Conforme a região do país, a floração de orquídeas ocorre em época diversa, mas deverão ser mantidas limpas e arejadas, recebendo sempre os cuidados necessários..

3 – Limpeza das herbáceas entouceiradas, como as estrelitzias e moréias que devem ser limpas das folhas secas e amareladas e arejar a touceira, retirando algumas folhas internas para entrar mais ar e luz.
Adubar a seguir com adubo animal de curral curtido misturado a composto orgânico em partes iguais, colocando ao redor da touceira.
Adicionar 50 gramas por planta de adubo granulado formulação 4-14-8 por planta na mistura colocada na terra. Regar bem a seguir.

4 – Adubação dos arbustos podados, com adubo animal de curral curtido, misturado com composto orgânico em partes iguais, acrescentando adubo granulado NPK formulação 4-14-8, cerca de 100 gramas/muda. Regar a seguir.

5 – Adubação das plantas caducifólias podadas, bem como das trepadeiras com adubo animal de curral curtido e adubo granulado formulação 10-10-10, cerca de 100 gramas para os arbustos que tiverem a copa revitalizada e para os sempre verdes, cujas flores não sejam interessantes.
Para os arbustos floríferos e touceiras de herbáceas floridas, adubar com adubo animal de curral bem curtido, acrescentando 100 gramas por planta de adubo granulado-formulação 4-14-8.
Cuidar para não tocar o adubo nas folhas. Não se esquecer de regar bem a seguir.

Plantio

plantio inverno

1 – Plantio de árvores, arbustos de floração e perenes, e replantio de arbustos e herbáceas, aproveitando para retirar mudas.

2 – Confecção ou renovação de canteiros de estação, com o plantio de herbáceas de ciclo curto: amor perfeito, phlox, petúnia, tajetes.

Cuidados com o Gramado no inverno

Ervas daninhas gramaO gramado tem um manejo um pouco diferente. A grama não para de crescer no inverno, mas diminui bastante a velocidade de recuperação após o corte.
No final do inverno estará reiniciando seu crescimento então é hora de realizar uma série de tarefas para ter um gramado bonito.

1 – Armar-se de paciência e uma almofada ou banquinho e com uma pazinha especial de tirar inços ou mesmo uma faquinha velha, retirar com cuidado os inços, principalmente tiriricas e trevinhos que têm bulbos que se multiplicam e alastram-se rapidamente.
Por vezes estão bem fundos.
Esta tarefa deve ser feita após chuvas, quando o solo estará mais fácil de manejar.
Deixe secar ao sol e queime os inços, evitando proliferação em outro lugar.

2 – Aparar a grama e reparar buracos e falhas para um visual perfeito.

3 – Caso o solo do gramado estiver muito compactado, perfurá-lo com o garfo de jardim para arejar e colocar camada bem fina de areia de construção, regando bem a seguir.
A areia formará uma camada sob a grama permitindo a passagem do ar no solo.
Adubar com uréia (45% N), cerca de 100 gramas/m². Regar muito a seguir.

Fotos utilizadas sob licença Creative Commons: NRCS SD, KOMUnews