Fisioterapia Geriátrica: Agora Também à Domicílio

Escrito por

 

Na terceira idade existe uma diminuição natural da massa muscular esquelética, o que leva à limitação dos movimentos.

Essa mudança resulta em perda de força física e prejudica o equilíbrio.

Assim, os idosos também são mais acometidos por acidentes, que dificultam ainda mais as habilidades motoras.

Importância da Fisioterapia para Idosos

fisioterapiaPara a terceira idade, as atividades fisioterapêuticas ajudam na prevenção de doenças como a hipertensão arterial, diabetes, osteoporose e tendinites, doenças cardíacas, artrose, hérnias e bursites.

A fisioterapia geriátrica é uma opção tanto para quem deseja aumentar a resistência e prevenir enfermidades, como para quem já possui um problema de saúde e quer aumentar a qualidade de vida.

Entre as principais causas de óbito na terceira idade estão as quedas que, mesmo quando não são fatais, podem causar sequelas e fraturas.

Este público é um dos que mais procuram pela fisioterapia home care, seja para se recuperar de fraturas adquiridas por quedas anteriores, seja para fortalecer a estrutura óssea, prevenindo eventuais (ou outras) quedas.

A fisioterapia geriátrica, seja preventiva ou para tratamento, é indicada para pessoas acima dos 60 anos, mas não impede que o idoso mantenha outras atividades igualmente benéficas para a saúde, como natação e hidroginástica (melhora da circulação e capacidade respiratória); a musculação leve, para o fortalecimento muscular (neste caso a repetição é mais importante que o peso em si); o yoga e pilates (aumento da flexibilidade e equilíbrio); ou caminhadas (evitas doenças cardiovasculares e melhora o equilíbrio).

É importante, no entanto, que nenhuma atividade física seja realizada sem orientação médica e conte sempre com o auxílio de um fisioterapeuta ou educador físico.

Fisioterapia em Casa: Como Funciona

A fisioterapia home care (ou domiciliar) é muito indicada para a terceira idade, pois torna o tratamento mais prático para o paciente, com personalização de horários e exercícios realizados – além de ser mais econômica.

fisioterapiaEsse barateio se deve ao fato de que, mesmo sendo um atendimento domiciliar, o valor da sessão é o mesmo do que em consultório, mas elimina despesas relacionadas ao transporte e outros gastos.

A prática pode ser adotada por qualquer pessoa que precise de fisioterapia. 

Inclusive, é particularmente aconselhada para todos que apresentam dificuldades de locomoção ou que tem as capacidades motoras e mentais reduzidas.

O fisioterapeuta poderá iniciar e prosseguir com o tratamento independentemente do quadro clínico do atendido.

Apenas em casos que exigem acompanhamento de ventiladores (que auxiliam em casos onde o paciente tenha problemas respiratórios) serão necessárias informações clínicas do paciente – no entanto, sem contato direto entre o fisioterapeuta e o médico geriatra.

Como todo o tratamento home care é personalizado, os exercícios atendem às necessidades particulares de cada paciente.

Por exemplo, séries de treinos com foco na parte inferior ou superior do corpo, que ajudam a aumentar o equilíbrio ou controlar a respiração, levando em consideração todo o quadro clínico.

A frequência das visitas deve ser analisada com o fisioterapeuta de acordo com as especificidades do paciente.

Em casos mais amenos pode variar entre uma e duas sessões semanais; em casos mais graves, o acompanhamento poderá ser diário por um período inicial e, posteriormente, mais espaçado.

bola suíçaEquipamentos e aparelhos variados podem ser usados para estimular o idoso, como bolas de pilates, tubo elástico, puxador, exercitador de mãos, halteres, colchonetes e outros. Nesses casos, cabe ao profissional de saúde oferecer os aparelhos e incentivar seu uso.

O paciente não precisa ter preocupações quanto ao preparo do espaço para a fisioterapia, sendo que esta pode ser realizada na sala, quarto ou ar livre, de acordo com o espaço da residência.

O atendimento individual aumenta a eficácia e a atenção destinada ao paciente, refletindo em progressos mais rápidos do tratamento.

Autoria: Texto elaborado pela equipe da SP Home Care.