Exercícios para Manter o Cérebro em Forma

Escrito por

 

Grande parte das pessoas se esquece de tarefas pequenas realizadas durante o dia, principalmente das mais comuns e automáticas.

Com o passar dos anos, isso vai se tornando mais frequente, aumentando também as chances de ter um declínio significativo da cognição.

Por isso, vale a pena investir em um curso de memorização, que irá ensinar truques e dicas para corrigir esse problema (saiba mais aqui).

No entanto, algumas mudanças no dia a dia também podem ajudar a frear essa tendência – assim como o restante do corpo, o cérebro necessita de exercícios para se manter saudável e ativo.

Confira algumas dicas que podem ajudar a manter mente e memória mais ativas:

Exercício para o Cérebro: Falar o Que Fez

auto-falanteSe você se esquece frequentemente de atividades que acabou de fazer, tente falar em voz alta suas ações assim que concluí-las.

Ao falar “tomei o remédio”, “fiz a lição do curso” ou “fechei a porta do quarto”, por exemplo, a mente terá mais tempo e estímulo para processar a informação.

Isso fará com que você se lembre mais facilmente desses detalhes.

Soletrar para Manter a Mente em Forma

Para se manter mais concentrado e focado, pense em uma palavra aleatória e, sem lê-la, soletre-a normalmente.

Em seguida, faça o mesmo, mas de trás para frente.

Aumente o grau de dificuldade, com palavras maiores e expressões, até que esse exercício se torne fácil.

Experimente Ambientes, Sabores e Percursos Diferentes

Quando chegar a um evento, tente contar quantas pessoas há no local, como estão vestidas e se comportando.

Observe também a decoração do local, quais objetos fazem parte da cena e tente depois reconstruir a imagem mentalmente.

sobremesaVisite restaurantes diferentes do que está acostumado, dando preferência os que oferecem pratos estrangeiros ou de outras regiões do país.

Busque receitas novas para fazer em casa e esteja sempre aberto para experimentar sabores incomuns: isso irá desafiar a memória a reconhecer os sabores e associá-los à memórias.

Quando for possível, faça percursos diferentes para chegar ao trabalho ou visitar a família, tanto a pé quanto de carro.

Qualquer pequena mudança no dia a dia já é válida para estimular o cérebro a pensar diferente e ficar mais ativo.

Exercite o Cérebro com Adjetivos, Verbetes e Letras

Folheie uma revista e escolha a imagem que mais chama a sua atenção.

Depois de olhar para ela por alguns segundos, escreva em uma folha pelo menos vinte adjetivos que tenham a ver com ela (bonita, interessante, inteligente etc).

Tente ser o mais objetivo possível, colocando palavras específicas que retratam e caracterizam aquela foto.

dicionárioSe você tiver optado por uma imagem de um cachorro, por exemplo, escreva algo como ‘domesticado’ em vez de alguma característica genérica, como ‘fofo’.

Adquira, ainda, o hábito diário de encontrar uma palavra no dicionário e tentar introduzi-la em sua vocabulário.

Caso não consiga usá-la imediatamente, busque exemplos de aplicação e se esforce para lembrar dela durante conversas.

Outra forma de exercitar o cérebro é escolher uma palavra e, com a letra inicial dela, pensar em mais cinco.

Para tornar a tarefa mais difícil, faça o desafio por categorias, limitando as opções a nomes de frutas ou países – ou seja, jogue Stop com a sua memória.