Pisos Cimentícios para Garagens e Áreas Externas

Escrito por

Pisos cimentícios são feitos a partir de cimento branco estrutural e são instalados em formato de placas.

Pode ser utilizado tanto em ambientes internos quanto externos – mas possui vantagens extras nesses últimos, já que possuem excelente desempenho térmico, esquentando menos do que pisos cerâmicos ou pedras naturais.

O piso cimentício é, ainda, altamente durável (seu tempo de vida útil é de 50 anos), poroso (logo drenante) e resistente a grande circulação de pessoas e veículos, o que o torna ainda mais atraente para revestir o chão de garagens, calçadas, pátios, terraços, varandas e entornos de piscinas.

Intempéries como sol excessivo, tempestades e secas não afetam seu aspecto. Ele não risca ou trinca.

Além de tudo isso, eles são considerados ecologicamente corretos, pois substituem madeira natural e materiais derivados de mineração excessiva, como é o caso da cerâmica – sem contar que não necessitam de fornos em sua fabricação.

Saiba mais a seguir.

Características do Piso Cimentício

piso cimentício

Piso cimentício com textura de madeira

Revestimentos cimentícios ficam prontos após uma semana de cura. Eles são feitos com massa de concreto, na qual pode-se misturar outros materiais que darão diferentes aspectos a ele.

Em outras palavras, a placa cimentícia é pre-moldada e pode ser encontrada em diferentes medidas e formatos. O processo de cura elimina os riscos de dilatar ou trincar.

Por serem artesanais, podem possuir pequenas diferenças entre si.

Sua coloração básica é acinzentada, muitas vezes comparado ao porcelanato fosco. Mas também assume não apenas outros tons como também aspecto de madeira, mármores, pedras comuns e outras texturas bem naturais – perfeito para projetos inspirados em ambientes mais artesanais.

Ele permite integração total a escadas, bordas de piscinas, rampas, além de poder ser instalada em assentamentos sobre argamassa, solos compactados, pisos permeáveis e lajes – todos impermeabilizados ou não.

Muita pesquisa foi investida no piso cimentício , o que o tornou um dos poucos revestimentos a reunir as melhores vantagens para ambientes externos: é atérmico, antiderrapante (de modo que está começando a ser adotado em banheiros), poroso, drenante.

Uso Decorativo do Piso Cimentício

piso cimentício seixosProjetos de áreas externas costumam adotar placas cimentícias em tons mais neutros, como branco, canela, cinza, marrom e champagne.

Fórmulas com minério de ferro na massa é muito charmoso, com brilhos de hematita e muito eficiente para disfarçar poeira. São usadas em projetos de paisagismo e calçadas.

Outra fórmula bastante popular são as que utilizam seixos de rio, com brita. Essas são ideais para caminhos e rampas de circulação de veículos, além de garagens.

Uma maneira muito criativa é conjugar o piso cimentício com outros, como pedras, madeiras e cimento queimado.

Cimentícios podem receber tratamento impermeabilizante, depois de instalado e devidamente rejuntado. No entanto, avalie se o polimento proporcionado por ele impactará na rusticidade desejada ao projeto.

Instalação e Manutenção do Piso Cimentício

Embora seja bastante resistente, é fundamental que a colocação do piso cimentício seja a última atividade da sua obra, de modo que nenhuma outra movimentação danifique as placas.

Os trechos de cimentício podem ser assentados contra reboco ou contrapiso. A argamassa é colocada sobre o piso nu e sobre a superfície inferior da placa. Esta, sem seguida, passa por lixamento.

As placas devem obedecer um espaçamento de cerca de 4mm, e devem ser assentadas com martelo de borracha.

Três dias depois, é feito o rejuntamento. Proteja as peças com fita crepe. A fixação total ocorre 21 dias depois. Apenas depois disso é aplicada resina para facilitar a conservação.

Ceras podem ser empregadas para facilitar tanto a conservação como a limpeza do revestimento cimentício. Esta, por sinal, consiste na adoção de detergentes especiais ou a ação de jatos d´água e sabão neutro.

Em seguida, reaplique uma cera incolor.