Noções Básicas de Anodização

Escrito por

 

Todos os metais são passíveis de oxidação, sendo na maioria deles um problema. Porém, no alumínio é usada uma proteção denominada anodização.

A anodização é um processo que tem por finalidade acelerar e controlar a formação da camada de óxido de alumínio, originando uma proteção superficial e melhorando certas propriedades, como por exemplo, resistência a intempéries, dureza superficial, possibilitando uma diversificação de tipos de acabamento, etc.

A anodização, em relação a outros tipos de proteção do alumínio, possibilita uma maior durabilidade do acabamento, em virtude da maior intimidade com a estrutura do material.

Por que Alumínio?

  • Maior facilidade de obtenção em relação aos seus mais diretos substitutos.
  • Menor densidade que outros metais que possam substituí-lo.
  • Permite uma maior gama de acabamentos.
  • Permite uma autoproteção.

Qualidade do Material

aluminioA qualidade do material a ser anodizado é muito importante, pois o acabamento final depende única e tão somente dela.

Normalmente existem três tipos de alumínio:

  • Puríssimo, que contém 99.95 % de alumínio, ou mais,
  • Puro, que contém até 1% de ligas, podendo ser manganês, magnésio, silício e outros.
  • Qualidade anodizável podendo apresentar mais ou menos elementos de liga, de acordo com a exigência final.

Para certas aplicações, o alumínio não apresenta dureza suficiente. Desta forma, temos que empregar elementos de liga que irão impurificar o alumínio. Assim, devemos tomar cuidado com as especificações de dureza e acabamento em relação à liga utilizada.

Influência das Ligas na Camada de Óxido

Alumínio puríssimo apresenta camada de óxido claro e transparente, deixando-se abrilhantar bem.

Alumínio puro e qualidade anodizável determinam camadas anódicas menos claras, como:

  • 1 a 2% de manganês dá um aspecto martelado, ligeiramente bronzeado;
  • 1 a 5% de magnésio proporciona um aspecto ligeiramente azulado;
  • 0.6 a 1.5 % de silício proporciona tons ligeiramente acinzentados.

Assim, de acordo com a liga e quantidade de impurezas temos variações no aspecto final da anodização, sendo que não podemos nos basear em uma liga para se obter algum efeito desejado, pois com a mínima variação destas ligas teremos também variações no aspecto final, motivo pelo qual devemos manter, dentro do possível, ligas padronizadas em peças formadoras de um conjunto.

Pré-Tratamento Mecânico para Alumínio que Será Anodizado

  • polido
  • escovado
  • lixado
  • polimento concêntrico
  • polimento circular e
  • jateamento

Limpeza

Têm por objetivo retirar qualquer tipo de graxa, impurezas superficiais, películas de óxido ou resíduos de pastas de polimento.

  • Desengraxe: retira as impurezas superficiais com um leve ataque do material.
  • Desengraxe com soda: retira as impurezas superficiais, deixando a chapa fosca.

Manchas

A anodização mancha facilmente com muitos produtos entre eles cal e cimento, se for uma mancha causado por produtos quimicos como os citados dentre outros, a unica solução é uma pintura com tinta propria para alumínio, já que mesmo anodizando novamente vai permanecer com manchas.

Pré-Tratamento Químico

  • Abrilhantado
  • Fosqueado

Anodização de Alumínio

É a operação fundamental. Dela depende a qualidade final da peça.

Basicamente, a anodização consiste em acelerar a formação de óxido sobre a liga, por meio de um banho químico ou eletroquímico. Este óxido, devidamente tratado, protege o metal-base contra posteriores ataques e dá uma melhor dureza superficial a liga. Da camada de óxido formada depende toda a qualidade e estabilidade do pré e pós-tratamento.

Para se ter uma idéia de grandeza, a variação da camada de óxido é de 1 a 24 micra, de acordo com a proteção desejada. Camadas maiores podem ser obtidas.

mat_metais_anodizacao

Vocabulário

  • Eletrólito: solução normalmente ácida, onde a peça a ser anodizada será introduzida. O eletrólito é a fonte de oxigênio.
  • Eletrodo: são os catodos do banho, normalmente de chumbo ou alumínio, para onde se dirigirão os íons de hidrogênio, resultantes da oxidação.
  • Barramento: barra onde será colocada a peça para a anodização, o anodo.