Corrimãos e Parapeitos Integrados ao Ambiente

Escrito por

A escolha de corrimãos e parapeitos deve primar tanto pela segurança oferecida como pela capacidade de interferir o mínimo possível no projeto arquitetônico do imóvel.

Esses itens podem ser encontrados em madeira, aço inox, ferro, alumínio ou latão; no caso de parapeitos, também em vidro – material cada vez mais adotado, tendo em vista sua discrição.

Saiba a seguir como integrar, da melhor forma, cada tipo de corrimão e parapeito no projeto da sua casa.

Corrimãos e Parapeitos na Decoração

corrimao parapeito de ferroA escolha do corrimão e do parapeito deve seguir o estilo do ambiente em que estarão inseridos.

Casas com arquitetura e decoração mais rústicas devem considerar os feitos de madeira ou ferro. Corrimãos de formato retangular são especialmente indicados. E nada de polimento: quanto mais surrados, melhor.

Projetos mais clássicos pedem um corrimão em aço inox com acabamento dourado: isso valoriza o requinte do ambiente.

O aço inox é, na verdade, o material de maior destaque quando o assunto é corrimão: além do clássico, ele se encaixa com perfeição em decorações contemporâneas, sendo o par perfeito para parapeitos de vidro.

Ele supera até mesmo corrimãos feitos de alumínio, já que aguentam grandes impactos sem amassar.

Outras opções mais modernas incluem corrimãos de latão, inclusive revestidos com couro ou pintura fosca. Outra opção que também se aplica aos de aço inox é embutir na parede, com iluminação própria de fundo.

Se você está buscando corrimão e parapeito para uma casa de praia, uma opção original é usar cordas ou mesmo remos. Apesar de serem pra lá de alternativos, eles fazem perfeito sentido nessas localidades, integrando-se com graça ao restante da decoração.

Materiais como esses, no entanto, não são recomentados para o dia a dia, pois não são ideais ao toque.

Normas de Segurança para Corrimãos

corrimao aço inoxNormas específicas preveem que o corrimão deve ficar de 80 cm a 92 cm do chão; já o parapeito ou guarda-corpo deve terminar a 105 cm a partir do solo. A distância entre os dois itens precisa ser de 4 cm.

No entanto é muito comum que o corrimão fique por cima do fim do parapeito, quase como se fosse um acabamento. Projetos assim calculam uma altura entre a do corrimão e a do parapeito.

O modelo ideal de corrimão seguro deve ser redondo, pois é mais fácil de se agarrar a ele em caso de tropeços. O diâmetro mais confortável para qualquer pessoa é de 5 cm. Os de aço inox despontam como os que oferecem maior aderência às mãos.

Se na residência há crianças ou idosos, é importante considerar alguns detalhes extras de segurança. A presença de corrimãos nos dois lados é bastante recomendado, e eles devem terminar cerca de 30 cm após o fim da escada, para apoiar o fim do percurso.

Parapeitos em vidro temperado, que cobrem a maior parte – senão toda – a área aberta entre o corrimão e os degraus são os mais adequados.

No entanto, se o parapeito for de metal ou madeira, prefira os de grades com espaços até 11 cm entre si: isso evitará que a criança passe pelas frestas. As grades devem ser verticais, e não horizontais, já que estas podem servir de degraus para que o pequeno suba no corrimão.

A melhor instalação de corrimão deve ser pela parte de baixo, e não em sua lateral interna, que pode atrapalhar o deslizamento da mão. No entanto, se precisar ser diretamente na parede, esta deve ser profunda, já que cada nicho de corrimão perfura cerca de 10 cm.

Manutenção de Corrimãos e Parapeitos

escada madeiraA limpeza do corrimão deve ser diária. Afinal, as mãos, limpas ou sujas, sempre passam por ali.

Corrimãos e guarda-corpos de aço inox ou latão devem ser limpos com água e sabão – no máximo detergente neutro, num pano bem macio.

Evite a todo custo o uso de água sanitária ou produtos com cloro, sob o risco de manchar permanentemente o material.

Se a mancha, no entanto, não for permanente, utilize uma pasta de vinagre, suco de limão e uma colher de sopa de sal. Esfregue bem, enxágue com água e seque com um pano de microfibra.

Para dar polimento, esfregue com uma pasta de bicarbonato de sódio e água. Enxágue com água e seque com o pano de microfibra.

Corrimãos de madeira podem ficar com uma textura pegajosa por conta do excesso de sujeira. Um truque é limpá-lo com lenços umedecidos para bebês: ele dissolve gorduras. Se não funcionar, borrife com uma solução de 50% de vinagre e 50% de água, esfregando com um pano.

No caso de corrimãos e parapeitos de ferro, o ideal é esfregá-los levemente com palha de aço seca (úmidas riscam a superfície).

Em seguida, passe um pano macio com água, secando bem para não manchar. Parapeitos de ferro podem levar uma camada de cera para móveis como acabamento.