Proteja seu Cachorro no Verão

Escrito por

 

Os cães são animais muito sensíveis ao calor. Veja como proteger seu cachorro durante a estação mais quente do ano.

Os cães são animais que não transpiram pela pele. Eles dependem apenas da respiração e da transpiração pelos coxins plantares (as “almofadinhas” das patas) para trocarem calor.

Isto faz com que sejam muito ineficientes na hora de se refrescarem. Por isso, cuidado! Uma hipertermia pode ocorrer muito mais rápido e mais gravemente nos cães do que nas pessoas.

Como Proteger seu Cão das Altas Temperaturas

Atenção aos horários dos passeios

Os cães adoram um passeio e nada lhes agrada mais do que estar com os donos, por isso irão aceitar sair de casa mesmo que isto não lhes faça bem. No entanto só passeie com o seu cão antes das 9 horas da manhã ou após as 18 horas.

Resista à tentação de levá-lo para caminhar no calçadão, mesmo que para você não esteja tão quente. E nunca leve seu cão à praia com você!

Passar o dia na praia pode ser divertido para as pessoas, mas a areia quente e o sol intenso serão muito prejudiciais para o seu cachorro.

Evite estimular exercícios intensos em horário quente

cao frisbeeOs cães apaixonados por corrida, bolinhas ou frisbees podem sofrer hipertermias relâmpago se fizerem esforço demasiado em tempos de calor extremo. Estes cães queimam muita energia de uma só vez para se exercitarem e depois não conseguem resfriar o corpo a uma temperatura aceitável novamente.

Por isso estimule o cão a brincar e fazer exercício somente em ambientes frescos ou onde ele possa rapidamente se refrescar, como num chão frio ou uma fonte de água.

Cuidado com as queimaduras no asfalto quente!

No verão, o asfalto absorve calor rapidamente e pode causar queimaduras nas patas do cão. Além disso, eles estão a poucos metros do chão, o que faz com que todo o seu corpo absorva muito mais calor do asfalto.

Antes de sair com o seu cachorro, coloque a mão ou o pé no asfalto por alguns segundos para saber se está suportável. Lembre-se que você usa sapatos, seu cão estará descalço!

Sapatos para cães – usar ou não?

Os sapatos podem proteger contra queimaduras, porém impedem a troca de calor pelas patinhas, o que pode ser perigoso para o animal, pois sua temperatura poderá aumentar rapidamente.

Os sapatos, portanto, podem ser usados para proteger o animal, somente por curtos períodos de tempo, e se a caminhada for mesmo inevitável.

Mantenha seu cão em um ambiente fresco e com sombra

Jamais deixe seu cão no quintal ou varanda com exposição ao sol no verão. O mesmo vale para apartamentos abafados. Se o ar do ambiente estiver muito quente, o cachorro não conseguirá trocar calor.

Especial atenção deve ser dada aos filhotes, idosos e animais obesos.

Jamais deixe o cão preso dentro do carro, mesmo que por pouco tempo!

cao carroEstudos feitos nos EUA mostram que, num dia com temperatura de 27 graus, o interior de um carro estacionado ao sol pode atingir 49 graus em apenas trinta minutos, chegando a 60 graus em duas horas.

A exposição durante 15 minutos a temperaturas de 50 graus já é suficiente pra provocar danos irreversíveis ao cérebro e morte.

Portanto, pense bem antes de levar seu cão com você, caso tenha que se ausentar procure um local ou alguém com quem deixar o cão em segurança.

Deixe água fresca e à vontade para o cão

Tenha especial atenção à água, que pode ficar morna ou evaporar com facilidade no verão. Os recipientes de cerâmica ou barro são os mais indicados, pois conseguem manter a água fresca por mais tempo.

Outra boa solução é colocar cubos de gelo na água ou mesmo colocar um pote de água no congelador durante a noite – ele descongelará aos poucos durante o dia e garantirá água fresca por mais tempo para o cachorro.