Tanque de Lavar Roupa: Como Escolher

Escrito por

Apenas a máquina de lavar não é suficiente: tanques são essenciais em lavanderias e áreas de serviço. Com eles é possível não apenas realizar pequenas lavagens como também limpar calçados e outros objetos. Conheça os modelos de tanques à venda.

Ao contrário da pia, que consiste basicamente numa cuba e torneiras, o tanque de lavar roupa possui uma superfície inclinada bem ondulada para esfregar as peças à mão.

Essa característica também é aproveitada para lavar itens que não são comumente colocados na máquina de lavar, tais como panos de chão e calçados de lona.

O mercado oferece algumas opções que variam conforme o tipo de instalação e material. Veja a seguir.

Modelos de Tanque para Lavar Roupas

tanque inoxO espaço disponível para a instalação do tanque definirá o modelo de tanque ideal para você em termos de fixação.

Os modelos de fixar na parede são bastante comuns e podem apresentar, ou não, uma coluna de sustentação. Ou seja, ele pode consistir apenas na cuba presa à parede ou contar com um pé.
No primeiro caso, é possível instalar um gabinete sob o tanque, para guardar produtos de lavanderia e limpeza. São geralmente feitos de louça.

Já os tanques de sobrepor (também conhecidos como tanques de embutir) são encaixados numa bancada já existente e sua borda fica em evidência sobre ela.
Existem, ainda, tanques que já vem junto de uma bancada, formando uma só peça. Elas em geral são encontradas em aço inox ou porcelanato.

Tanto os tanques de embutir quanto os de uma peça só se integram melhor com o ambiente. Além disso, e assim como os de fixar na parede, permitem a instalação de gabinetes sob eles, para guardar objetos e esconder o encanamento.

Os tanques também podem ser únicos ou duplos, com duas cubas uma ao lado da outra.

Tanques de Lavar Roupa: Materiais

Tanque de louça com gabinete inferior

Os tanques de louça ou cerâmica são os mais tradicionais e podem ser encontrados nas versões de fixar ou de encaixe. Contudo, embora sejam resistentes, é preciso ter cuidado para não trincarem.
São encontrados com capacidades de 18 a 35 litros.

Os tanques de aço inox podem ser de alto brilho ou escovados. Ambas as versões são muito procuradas por decoradores, pois possuem um aspecto moderno e arrojado. Podem ser de fixação, de encaixe ou mesmo em peça inteiriça com a bancada.
Os modelos de encaixe e inteiriço, no entanto, devem contar com colunas de sustentação.

Eles são leves, muito duráveis, não enferrujam ou racham. No entanto é importante que sejam lavados apenas com água, sabão ou detergente neutro. Para evitar manchas de água, seque-o sempre.
Evite o contato com produtos ácidos ou abrasivos, e com esponjas tipo palha de aço.

Tanques de mármore, granito sintético ou mesmo concreto costumam ser bem mais pesados, mas são bastante resistentes e cumprem bem o papel de plataforma na lavagem de roupa e outras atividades.

É importante que estejam perfeitamente afixados nas paredes e possuírem base de sustentação em pedra ou alvenaria: além de seu peso original, eles também se enchem de água, o que adiciona quilos extras.

Por fim, os tanques de plástico são os mais econômicos e bem leves. Não são tão atraentes quanto os demais e correm o risco de sofrer rachaduras, mas modelos mais elaborados contam com proteção contra raios UV.

Os modelos de fixação não necessitam de colunas de sustentação. No entanto, algumas vezes podem ser encontrados já embutidos em armários inferiores, inclusive em modelo de cubas duplas. Assim, você leva a peça toda.

Tanque de Lavar Roupa Elétrico: Tanquinho

Não podemos nos esquecer de que existe o famoso tanquinho de lavar roupa. Ele é elétrico, mas não é automatizado: é preciso, por exemplo, enchê-lo manualmente ou de maneira semiautomática, assim como na hora de esvaziá-lo.

Ele é indicado para lavagens com menor quantidade de roupas e para peças mais delicadas e não tão sujas assim.

Vale lembrar que ele não possui funções como as da máquina de lavar. As roupas saem bem molhadas, havendo a necessidade de torcê-las bem e pendurá-las em áreas bem ventiladas e, de preferência, expostas ao sol.