As Melhores Formas de Fazer Backup

Escrito por

 

Apesar de todos os avanços tecnológicos que facilitam cada vez mais as nossas vidas, ainda não foi inventado um computador à prova de panes.

Quando isso ocorre, usuários podem sofrem com a perda de dados: fotos, textos, documentos, planilhas e toda sorte de informações valiosas.

Para evitar esse tipo de problema, é recomendado manter um (ou até mais de um) backup de segurança com todos os seus arquivos.

O Que é um Backup

O backup é uma cópia de segurança das informações que você tem em um computador ou outro dispositivo (como tablet, smartphone etc).

Com essa cópia, caso ocorra algum defeito com o HD do seu aparelho, é só importar os dados de segurança do backup e evitar que arquivos sejam perdidos para sempre.

Backup com Mídia Física

CDs e DVDs

cd back upUma das formas mais comuns de backup é utilizar CDs ou DVDs para armazenar os dados.

Geralmente o próprio sistema operacional do computador disponibiliza ferramentas que salvam os dados em formato de backup, podendo guardar eles no próprio PC ou, mais indicado, nessas mídias físicas.

A principal vantagem de utilizar CDs e DVDs é poder guardá-los em locais seguros e classificar e catalogar os dados etiquetando as mídias.

Já as desvantagens são o pouco espaço de armazenamento: caso seu backup seja muito pesado, será necessário usar vários CDs/DVDs. Além disso, são materiais frágeis, que podem ser danificados por poeira e superfícies pontiagudas, por exemplo.

Portanto, essa forma de backup é mais indicada para quem precisa armazenar arquivos em uma quantidade menor e, além disso, catalogar e separar essas informações.

Pendrive e HD Externo

Uma opção mais prática é usar um pen drive para salvar os dados do backup.

Com uma capacidade de armazenamento maior (que pode variar entre 8 GB a 128 GB) e um tamanho bem pequeno e prático, o pen drive pode guardar todas as suas informações de uma maneira portátil e ágil.

hd externo

HD externo

Além disso, salvar arquivos em um pen drive é muito fácil, tornando o processo de fazer um backup mais acessível até para quem não possui grande conhecimento de informática.

O lado negativo é que, caso você tenha que armazenar uma grande quantidade de dados, irá precisar adquirir um pen drive com maior capacidade e, consequentemente, mais caro, ou então mais de um pen drive de capacidade mediana.

Nesses casos, é aconselhável utilizar um HD externo, que apesar de não ser tão portátil quanto um pen drive, possui uma capacidade de armazenamento maior, dando conta de salvar seus dados integralmente.

Os modelos de maior tamanho ainda são caros, porém é um investimento que vale a pena considerando o custo-benefício.

Essa forma de backup é mais indicada para quem precisa guardar uma grande quantidade de informação periodicamente.

Backup na Nuvem

Além de fazer o backup em dispositivos de memória, também é possível fazê-lo na própria internet.

Utilizando a chamada tecnologia da nuvem, na qual os documentos e arquivos de um usuário ficam guardados em um servidor e disponibilizados online, é possível salvar seus dados na rede e acessá-los de qualquer computador ou dispositivo.

Essa forma de backup tem como principal vantagem a praticidade, tornando o acesso desses arquivos muito fácil e ágil, e a grande capacidade de armazenamento, já que alguns serviços disponibilizam até 15 GB de espaço gratuito.

Contudo é preciso ter a consciência de que, como esses dados estão disponíveis na web, eles estão sujeitos a ataques de hackers ou problemas de funcionamento que exponham os dados, além de exigirem uma conexão com a internet para serem acessados.

Os principais sistemas desse serviço são o Google Drive, Microsoft OneDrive, Dropbox e o iCloud, da Apple.

Agora é só escolher a forma de backup que melhor se adapte às suas necessidades e nunca mais sofrer com a perda de dados!

Autoria: Texto elaborado por Humberto Puperi, da 5TI.