Como Escolher seu Porteiro Eletrônico

Escrito por

Para reforçar a segurança do imóvel na hora que alguém toca a campainha, seja ele para residência ou comércio, o porteiro eletrônico (ou interfone inteligente) é uma das soluções mais procuradas. Saiba mais a seguir.

Com o tempo, a permanente busca por segurança reforçada deu origem a modelos cada vez mais sofisticados de porteiro eletrônico. A necessidade aumenta se a casa, o apartamento ou o comércio não dispuser de porteiro.

Além das maneiras físicas externas de limitar o acesso aos imóveis, como portões altos e muros, o porteiro eletrônico é a forma “interna” para precaver e auxiliar a segurança do seu patrimônio.

Acima de tudo, ele permite que o morador certifique-se de quem está à porta sem se expor fisicamente a possíveis ameaças.

Porteiro Eletrônico ou Vídeo Porteiro?

O porteiro eletrônico pode ser completamente autônomo ou complementar um sistema de segurança já existente, como câmeras de vigilância ou cercas elétricas.

No primeiro caso, o mais recomendado será o vídeo porteiro. Nada mais certeiro do que enxergar, com os próprios olhos e em tempo real, quem está do outro lado da porta. A câmera fica acoplada no equipamento externo.

video porteiro

Vídeo porteiro

O vídeo porteiro atende a solicitação da campainha por meio de uma tela em LCD, ao invés de um simples monofone. Ele também pode estar conectado a uma fechadura elétrica.
Ele também faz gravações ou fotos da imagem que está sendo capturada.

O investimento é um pouco maior. Mas você tira o máximo de proveito do que esse tipo de sistema de segurança pode proporcionar.

O porteiro eletrônico regular é mais simples e mais barato. É indicado para quem está com o orçamento mais limitado ou para locais que já possuem sistema de câmera de segurança.

Novas Tecnologias em Porteiro Eletrônico e Vídeo Porteiro

porteiro eletronicoExistem modelos de porteiro eletrônico que permitem o redirecionamento da chamada da campainha para um número de telefone celular. Isso permite simular a presença do morador para que pareça que o local não está vazio.

Existe, também, a portaria eletrônica virtual. Assim, não se faz necessária a presença de uma pessoa física na entrada do condomínio.

Quando um visitante chega, é acionado o aparelho de porteiro, onde é encaminhado a ligação para uma central de monitoramento remoto. A chamada é redirecionada para o morador, que decide se pode ou não abrir a porta.

Dicas para o Posicionamento do Porteiro Eletrônico

A face externa do aparelho de porteiro ou vídeo porteiro deverá ficar fora do alcance da chuva. Se não for possível, pesquise formas de protegê-lo das intempéries. Lembre-se: trata-se de um dispositivo eletrônico.

No caso de vídeo porteiros, prefira os produtos com visão noturna, mesmo que a iluminação local seja boa. Afinal, o ideal é que ele proporcione clareza total do rosto do visitante em qualquer circunstância.

Se a entrada do seu imóvel tiver portão de entrada de pedestres ou carros e, ainda, a porta de entrada propriamente dita, opte por um aparelho que acione as duas fechaduras ao mesmo tempo. Se um dia decidir por um portão elétrico, seu monitoramento já estará garantido.