Como Acender uma Lareira

Escrito por

A lareira tradicional é alimentada pela queima de madeira – o que pode ser um pouco desafiador para quem não tem experiência. A seguir, ensinamos a acender e manter uma lareira sem mistérios.

Lareiras são muito convidativas durante as estações mais frias. Em frente dela come-se, bebe-se vinho, escuta-se música, conversa-se… enfim, todos relaxam. Portanto acendê-la não pode virar um problema.

Conheça as melhores dicas a seguir.

O Que Verificar Antes de Acender

lareira livroExistem alguns detalhes que devem ser supervisionados antes de acender sua lareira.

Em primeiro lugar, veja se a lareira está limpa. A chaminé também precisar estar livre de fuligem acumulada e de ninhos de animais.

Assegure-se de que o abafador está aberto: ele controla o volume de ar que passa pela tubulação que leva a fumaça até a chaminé. Com o abafador fechado, a fumaça permanece dentro do ambiente, o que pode ser perigoso.

Caso a sua lareira tenha portas de vidro, deixe-as abertas por cerca de 30 minutos antes de começar a queimar galhos e lenhas. Assim, o interior da lareira poderá se equiparar termicamente com o resto do ambiente.

Com portinhas fechadas, a chance maior é de que o ar frio esteja predominando no interior da lareira, o que poderá dificultar a subida da fumaça.

Observe, ainda, a direção da corrente de ar, acendendo um isqueiro dentro da tubulação. Se a corrente estiver descendo, não acenda a lareira com lenha tradicional: será preciso apelar para um bloco acendedor ou lenha comercial como Duraflame, que não produzem fumaça.

O calor produzido por esses produtos poderá reverter a corrente, e ela poderá começar a subir. Quando notar que o ar está puxando o calor e o fogo para cima, poderá iniciar o acendimento da lareira.

Material Necessário para Acender sua Lareira

Como Acender a Lareira

lareiraFaça uma base com os troncos médios e grandes deitados na horizontal, bem espaçados entre si, mas se tocando.

O melhor modelo é o de camadas cruzadas em quadrados. Nesses espaços coloque jornal amassado, gravetos, pinhas, folhas secas, etc.

Não coloque muita quantidade desses materiais, já que, para que o fogo aumente e alastre, é necessário contato com o oxigênio. O objetivo é que jornais, gravetos, pinhas e outros gerem fogo com facilidade, ajudando a atiçar os troncos maiores, que levam mais tempo.

Evite, a todo custo, usar troncos, galhos e outros insumos em estado úmido: isso gera muita fumaça durante a queima e, é claro, são mais difíceis de queimar totalmente.

Risque um fósforo ou acenda um isqueiro e aproxime a chama de um jornal já colocado. Em seguida, coloque fogo nos galhos e ouros elementos menores. Eles devem estar espalhados por diversas partes próximas aos troncos maiores.

Utilize um fole para soprar mais ar e provocar o aumento das chamas. O importante é que os elementos pequenos aticem os maiores. Quando isso acontecer, coloque novos troncos conforme os primeiros forem tornando-se menos inflamados.

Você poderá reposicionar a madeira quente utilizando os acessórios de lareira, como seria o caso da pinça.

Acendimento da Lareira: Detectando e Resolvendo Problemas

fole

Fole

Nos primeiros 30 minutos depois de começar a acender a lareira, a fumaça deverá ser quase imperceptível. Caso ela fique preta, significa que é preciso oxigenar melhor o fogo.

Para tanto, utilize a pinça para erguer um pouco a lenha, e separá-las umas das outras. Em seguida, use o fole para injetar mais ar à queima. Mas sem exageros: oxigênio demais também pode formar fumaça inadequada.

A fumaça preta também pode significar que a lenha utilizada está úmida demais.

Caso a fumaça esteja se acumulando no ambiente, abra imediatamente portas e janelas. Isso vai dissipá-la do ambiente e criará uma corrente que passará a levar os vapores chaminé afora.