Buddléia (Buddleja davidii)

Escrito por

Nome botânico: Buddleja davidii Franch
Sin.: Buddleja daviddii var.alba Rehder & E.H.Wilson, B. daviddii var. superba Rehder & E.H.Wilson, B. daviddii var.magnifica Rehder & E.H.Wilson.

Nome popular: budléia, arbusto-das-borboletas, lilás-de-verão

Angiospermae – Família Buddlejaceae (Scrophulariaceae)

Origem: China, Japão

Budléia (Buddleja davidii) – Descrição :

Buddléia (Buddleja davidii) - descrição

Buddléia (Buddleja davidii) – descrição

Arbusto perenifólio a semidecíduo, de crescimento rápido e vigoroso, muito ramificado, com altura de 1,30 a 3,50 metros se não for contido por podas.

Os ramos são quadrangulares e as folhas longas de até 13 cm, verdes na página superior e acinzentadas na inferior.

As flores são de formato de sino, perfumadas e minúsculas, reunidas em grande panícula terminal, nas cores branca, rosa, lilás e púrpura com a garganta em coloração laranja.

O florescimento ocorre nos meses quentes do final da primavera e verão até o outono. Contêm néctar atrativo para borboletas. 

Pode ser cultivada em todas as regiões do país com clima ameno a quente.  

Como plantar a Budleia

Esta planta não tolera temperaturas baixas de menos de 150 C, nem o sol forte da tarde, sendo adequada para cultivo junto a outras plantas mais altas. 

Budléia (Buddleja davidii)O solo deve ser bem aerado, com bom teor de matéria orgânica e muito bem drenado.

As regas devem ser abundantes e bem espaçadas.

Para plantar, abrir um buraco maior que o torrão, colocar adubo de gado bem curtido, cerca de 300 gramas/cova, misturado a composto orgânico  e areia em partes iguais.

Colocar parte no fundo da cova, acomodar o torrão e preencher as laterais com a mistura.

Colocar um tutor provisório feito de estaca de bambu, amarrando de leve.

Regar bem para estabelecer a muda.

Adubações posteriores poderão ser feitas durante o inverno ou estação das chuvas com a mesma mistura de composto e adubo animal.

Outra opção é o uso de adubo granulado formulação NPK 4-14-8, cerca de 100 gramas por muda, colocado ao redor da base da planta, incorporando ao solo e regando a seguir.

Seu crescimento vigoroso tende a abafar as plantas vizinhas, para dar um formato mais regular poderá ser controlado por poda, feita após o término da floração, não comprometendo assim as da estação seguinte.

Mudas e propagação da budleia 

A propagação deste arbusto poderá ser feito retirando estacas com alguma raiz junto, feita durante o inverno ou estação das chuvas, colocando em recipiente com a mistura de substrato já nomeada acima.

Deixar em cultivo protegido até notar seu desenvolvimento.

Budléia (Buddleja davidii) – Uso decorativo e paisagismo

Budléia (Buddleja davidii)

Budléia (Buddleja davidii) – paisagismo

Para o paisagismo é um adendo excelente, principalmente para quem gosta de ter borboletas no jardim.

Combinar a budléia com arbustos coloridos como crótons (Codieum variegatum), hamamélis   (Loropetalum chinense ) ou azaléias (Rhododendrum spp.), que têm florações em outras estações.

Se colocar no jardim pentas (Penta) e zínias (Zinnia elegans) propiciará ainda mais alimento para os insetos que visitarão seu espaço o dia inteiro e poderá se encantar com elas.