Alimentos integrais! Comer talvez menos mas muito melhor!

Escrito por

 

Vamos ver alguns alimentos integrais:

Alimentos com alto teor de fibras

  • Feijões
  • Frutas
  • Grãos integrais
  • Hortaliças
  • Nozes

 

Proteínas de qualidade

  • Carnes magras de aves, carneiro, porco ou boi (dê preferência a animais alimentados com itens naturais)
  • Feijões
  • Nozes e sementes
  • Ovos
  • Peixe

 

Gorduras saudáveis

  • Abacate
  • Azeite de oliva extra virgem
  • Azeitona
  • Coco
  • Nozes
  • Óleo de peixe
  • Óleos vegetais processados a frio (gergelim, nozes e sementes de uva)
  • Sementes

 

Carboidratos saudáveis

  • Feijões
  • Frutas
  • Grãos integrais
  • Hortaliças
  • Nozes
  • Sementes

Os alimentos integrais costumam ter uma mistura de nutrientes, por isso muitos deles aparecem em mais de uma categoria.

Na alimentação

alimentos integrais

Grãos, como ervilhas, vagens e feijões, são carboidratos saudáveis

Entre os alimentos refinados temos o açúcar que é um dos grandes problemas, pois é consumido indiscriminadamente.

Uma pessoa comum ingere mais ou menos 81 kg de açúcar por ano, ou aproximadamente 200g por dia, por outro lado existem pessoas que consomem bem mais.

Quando ingerimos açúcar, acionamos de modo inconsciente um circulo vicioso que envolve um intenso desejo por açúcar, produção de insulina elevada, aumento do apetite, e mais ingestão de açúcar e mais produção de insulina, com isso, há uma queda de energia durante o dia, provocando a resistência a insulina, uma das causas mais importante do ganho de peso e do envelhecimento precoce.

Os açúcares e os carboidratos refinados como massas, batata, arroz e pães brancos tem um absorção rápida e consequentemente uma carga glicemica alta, que entra rapidamente no nosso organismo.

Por isso temos que ler os rótulos de alimentos para identificar a presença de açúcar que pode ter outros nomes como: açúcar cristal, confeiteiro, demerara, invertido (xarope produzido a partir da sacarose), mascavo, dextrose, frutose, glicose, lactose, malte de cevada, maltose, mel, sacarose, suco de cana desidratado, suco de uva, xarope de milho.

Em alguns produtos os fabricantes não informam o tipo de açúcar que está presente na composição do alimento, então cuidado com os açúcares ocultos.

Leia os ingredientes desses produtos:
biscoitos, cereais para café da manhã, chicletes, frios, frutas em lata, gelatinas e geléias, iogurtes, molhos, molhos de salada, pães, patês, picles, sorvetes, sopas.

Sempre que possível evite esse tipo de alimentos.

Fotos utilizadas sob licença Creative Commons: tonyhall, tonyhall, graibeard