Sapatas na Construção da Casa ou Prédio

Escrito por

Sapatas são parte da fundação superficial de concreto armado. Elas são dimensionadas para que as tensões de tração que agem sobre a fundação não recaiam sobre o concreto e sim na armadura. Saiba mais a seguir.

As sapatas possuem pequena altura em relação às dimensões da base. Estas, por sua vez, são, em geral, em planta retangular, quadrada ou trapezoidal.

Elas são indicadas para terrenos onde o solo seja estável.

Característica das Sapatas e seus Tipos

Sapatas são utilizadas quando as sondagens de reconhecimento de subsolo apontam para a presença de argila rija. Elas suportam carga de baixa à média.

São estruturas “semiflexíveis” e, ao contrário dos alicerces que trabalham a compressão simples, as sapatas trabalham a flexão.

O tipo mais usado na construção civil é a sapata isolada. É a mais simples e superficial, dimensionada para aguentar o peso de somente uma coluna ou pilar. É encontrada em forma circular, quadrada, retangular e outros.

Para construções contínuas, como muros e paredes, é empregada a sapata corrida. Também se trata de uma fundação rasa e a escavação dispensa máquinas, podendo ser feita apenas com as mãos. Em geral é realizada com concreto ciclópico (composto por pedras de mão).

Finalmente, a sapata alavancada – ou com viga de equilíbrio – é empregada quando sua base não está alinhada com o centro de gravidade do pilar, por estar localizada perto de divisas ou outras condições que configuram um obstáculo.
Uma viga é criada entre duas sapatas, equilibrando o conjunto.

Sapata Associada ou Radier

Quando o solo é menos estável, exigindo maior profundidade, ou quando vários pilares não se alinham quando visualizados em planta, é utilizada a sapata associada, também conhecida como radier. Isso ocorre quando duas sapatas acabam ficando muito próximas por falta de espaço. Ou também por opção dos engenheiros.

A associada é uma única sapata que recebe a carga de dois ou mais pilares próximos. Elas possuem dois sistemas: o constituído por laje de concreto (sistema flexível) e o de laje e vigas de concreto (sistema rígido).
Não esqueça de instalar os tubos de esgoto e os ralos antes de concretar o radier.

Sapatas: Vantagens

Sapatas são relativamente mais baratas que outras estruturas de base. São de rápida execução e não requerem equipamentos especiais para serem feitas: o consumo de concreto é baixo e a escavação não precisa ser profunda.

Dentre as fundações rasas, são as estruturas que aguentam maior capacidade de carga.

Fundações Rasas: Alicerces

Os alicerces são estruturas executadas pelo assentamento de pedras ou tijolos maciços recozidos e principalmente concreto, em valas de pouca profundidade (entre 0,50 a 1,20 m) e largura variando conforme a carga das paredes.

Sapatas e Nivelamento

Qualquer um dos tipos de fundação deve ficar nivelado. Caso necessário, faça uma camada de argamassa para nivelamento (regularização) sobre a fundação pronta.

Para evitar que a umidade do solo suba pelas paredes, aplique uma camada de argamassa com impermeabilizante sobre a fundação ou sobre a camada de nivelamento.
Esta argamassa deve ser desempenada sem alisar. Quando ela estiver seca, aplique uma pintura impermeabilizante.