Fertilidade do solo

Escrito por

Fertilidade do Solo  

 Perguntas mais freqüentes 

Por que fazer a análise de fertilidade do solo?

As plantas, em geral, obtêm os nutrientes de que precisam do solo.
A avaliação da disponibilidade de nutrientes em solos é feita, em geral, com base na análise de fertilidade.

Por que a maioria dos solos, no Brasil, são ácidos?

A acidificação dos solos é um processo químico que ocorre naturalmente na biosfera.

Todos os solos “envelhecem”, ou sofrem intemperismo, e a acidificação é parte deste envelhecimento natural.

O Brasil, por estar sob clima tropical, em que a ação de chuvas e altas temperaturas é intensa o ano inteiro, possui solos mais velhos e, por isso, mais ácidos.

O que devo fazer para melhorar a fertilidade, ou seja, a acidez e a quantidade de nutrientes, do meu solo?

Normalmente se utilizam dois tipos de produtos: o calcário para corrigir a acidez do solo e os fertilizantes, ou adubos, para corrigir a falta de nutrientes.

A decisão do quê, quando e quanto aplicar de calcário e fertilizante SOMENTE DEVE SER FEITA COM BASE NA ANÁLISE DE FERTILIDADE DO SOLO E COM O AUXÍLIO DE UM AGRÔNOMO.

O que é calagem? Para que serve?

Calagem é a prática de incorporar calcário ao solo.
Calcário é o nome que normalmente se dá para o carbonato de cálcio e/ou magnésio.

A calagem proporciona vários benefícios:

  • corrige a acidez do solo;
  • fornece cálcio e magnésio, dois nutrientes muito importantes para as plantas;
  • neutraliza o efeito fitotóxico do alumínio e do manganês.

Quais são os nutrientes das plantas?

Pelo ponto de vista de essencialidade e de quantidade exigida pela maioria das plantas, tem-se o seguinte:

macronutrientes (entre parênteses o símbolo químico): nitrogênio (N), fósforo (P), potássio (K), cálcio (Ca), magnésio (Mg) e enxofre (S);

e micronutrientes (entre parênteses o símbolo químico): zinco (Zn), boro (B), manganês (Mn), cobre (Cu), ferro (Fe), molibdênio (Mo) e cloro (Cl).

Por que utilizar o solo para produzir alimentos e fibras, uma vez que já existe a hidroponia (cultivo de plantas em água com nutrientes) e a aeroponia (cultivo de plantas com pulverização de nutrientes nas raízes)?

Toda nova tecnologia de cultivo de plantas é bem-vinda.
Entretanto, é preciso saber utilizá-la e verificar se há viabilidade econômica na sua adoção.

Hidroponia e aeroponia são tecnologias bastante exigentes e o solo constitui-se, ainda, no substrato de cultivo mais rentável e versátil.

Além de adubos verdes existem outros adubos orgânicos?

Existem, sim. Existe o composto orgânico, vermicomposto, esterco de curral, esterco de galinha, esterco de suíno, lodo de esgoto, resíduo de curtume, lixo sólido, vinhaça e uma série de adubos orgânicos comerciais.

Qual é o melhor adubo orgânico?

Fertilidade do solo - terra e plantioO melhor adubo orgânico é aquele que atenda às necessidades do solo e da planta cultivada.

O adubo orgânico deve ser obtido em quantidades compatíveis com a área cultivada e a um custo compatível com a capacidade do agricultor e também com o benefício que ele irá trazer a longo prazo.

É sempre importante consultar um agrônomo para auxiliar na escolha do adubo orgânico, pois é preciso saber das exigências da cultura, analisar o solo, analisar o adubo orgânico existente na região, verificar sua origem (adubos oriundos de resíduos industriais podem conter metais pesados em excesso como zinco e cádmio, que podem causar problemas à saúde pública) e verificar se ele atende às necessidades.

Fotos utilizadas sob licença Creative Commons: nakae, Ian Sane, © 2006-2013 Pink Sherbet Photography