Computadores portateis-Laptops!

Escrito por

 

Os portáteis oferecem uma nova forma de trabalhar, mesmo quando não fazemos duas viagens de negócios por semana.

Os portáteis permitem que as pessoas trabalhem onde e quando querem. Não se trata apenas de viagens de trabalho.
Pensemos nas pessoas que trabalham em casa, no arquiteto que consulta o projeto na obra ou no contador que visita um cliente.
Os portáteis permitem que as empresas respondam afirmativamente aos pedidos de trabalho flexível.
Permitem que as empresas mudem do escritório tradicional, isto ajuda a reduzir custos e a tornar as equipes mais flexíveis.

Os portáteis modernos podem armazenar todos os arquivos de que a maioria das pessoas alguma vez irá precisar.
Têm potência suficiente para executar as aplicações mais exigentes.
Com baterias adicionais, podem funcionar o dia inteiro sem recarregamentos.

Graças às redes sem fios e às novas tecnologias como o 3G Mobile Broadband, as pessoas podem continuar ligadas às redes das empresas, ao correio electrónico e à Internet, onde quer que estejam.

O que se deve procurar em laptops

Com tanto em jogo, é importante escolher um fabricante que pode oferecer portáteis com menos hipóteses de avarias e com a maior resistência possível.
Apesar das semelhanças à superfície, há uma grande diferença quando olhamos para o que está por baixo.

Requisitos de um bom laptop

– Durabilidade.
Não é deprimente quando as letras do teclado ficam gastas ao fim de um ano ou dois, e o exterior do laptop fica riscado ou estragado? Por isso, procure portáteis concebidos para ter um aspecto de computador novo durante mais tempo.

– Testes exaustivos. Saiba como é que cada modelo novo é testado. Quanto mais rigorosos forem os testes, mais tempo poderá durar o seu laptop.
Por exemplo, se as dobradiças do ecrã forem testadas a pensar num uso médio constante de 3 anos, pode ter a certeza de que o fabricante não irá apostar a sua reputação dizendo que as dobradiças irão durar 5 anos.

– Resistência aos danos.
Uma vez que os portáteis têm mais hipótese de caírem ao chão de que sofrer qualquer outro tipo de acidente, procure portáteis que detectam uma queda e protegem o disco rígido, tal como o airbag de um carro protege o ocupante.
Procure um sistema que consiga detectar a queda em três dimensões, e não apenas em uma ou duas, porque os computadores nem sempre caiem com o lado mais resistente para baixo.
Além disso, procure características que mitiguem os danos causados por líquidos derramados.

– Construção forte.
De que material é feita a estrutura interna do computador? E de que material é o revestimento externo? Plástico fraco ou um metal ou uma liga metálica forte? A dobradiça do ecrã é bem construída? Mais do que parecer, a dobradiça deverá também ser robusta.

– Conclusão:  Os portáteis podem ser parecidos entre si, mas as diferenças de concepção, construção e dos testes a que são submetidos podem fazer uma grande diferença no dia em que tiver um acidente.
Pode ser a diferença entre continuar a produzir e uma imobilidade completa.
Quando está fora do escritório e longe de onde possa ser ajudado, isto poderá ser uma diferença crítica.
Não é descabido ver sob a superfície externa e ter a certeza de que os portáteis que compra para a sua empresa são tão fiáveis e robustos quanto possível.

fonte:hp
Fotos utilizadas sob licença Creative Commons: AaronPatterson