Entenda os Diferentes Tipos de Dietas Vegetariana

Escrito por

Nos dias de hoje ser vegetariano, para muitos, é uma questão de princípio e de filosofia.

Para muitos é um proposta de um retorno a uma vida mais saudável onde, principalmente, passemos a viver e nos alimentar sem a necessidade de sacrificar animais.

Outras escolas vegetarianas mencionam que a ingestão de carnes é desnecessária ao organismo humano, contribuindo até para uma maior agressividade da personalidade.

Vegetarianismo não significa que deriva da palavra vegetal, mas sim vem do latim de forte, saudável.

Diferentes Linhas de Vegetarianismo

O vegetarianismo está dividido em ovo-lacto-vegetariano, lacto – vegetariano e vegano.

Ovo-lacto-vegetariano: não come carne mas ingere ovos, leite e seus derivados

Lacto-vegetariano: não come carne, nem ovos, mas ingere leite e derivados do leite.

Vegano: não come carne e evita qualquer produto que tenha origem animal, como vestimenta com couro, lã etc.

Alimentação macrobiótica: ela não é uma dieta alimentar, mas sim uma filosofia de vida, onde seus adeptos aprendem a combinar as forças Yin e Yan que dão o equilíbrio a vida.

Pirâmide Alimentar Vegetariana

piramide vegeratiana

Pela pirâmide alimentar vegetariana, a parte mais larga compreende um maior consumo de cereais e grãos de preferência os integrais (macarrão, arroz, pães , milho, trigo, cevada, soja, etc).

Estes contribuem para o aporte de energia. São ricos em vitaminas do complexo B e ferro.

Uma das melhores opções é a quinoa considerado por muitos como o cereal dos Deuses, pois tem uma boa parte de aminoácidos.

Frutas, verduras e legumes:
Têm um alto valor nutricional por serem ricos em vitaminas, minerais e fibras.

Ajudam na diminuição do colesterol ruim, como na pirâmide alimentar normal.

O que muda , no caso da pirâmide alimentar vegan e macrobiótica é a exclusão das carnes, leite e ovos.

Nestes casos, é substituída pelos feijões, pela soja e pelos oelaginosos que tem a maior fonte protéica. E o leite passa a ser o de soja e o queijo o tofu.

Vegetarianismo: Recomendações para Dietas Vegetarianas Puras

Frutas e VegetaisHá recomendações entre os médicos de um aporte por meio de suplementos.

Uma das fortes candidatas é a vitamina B12 pois essa, é fabricada no intestino grosso na presença de bactérias que se pressupõe mais abundantes em dietas que incluem carnes.

Na realidade, essa deficiência pode ocorrer com qualquer tipo de regime alimentar.
O importante é ter uma flora intestinal saudável.

A vitamina D, cálcio e ômega 3 também podem ser suplementadas, e não esquecer de se expor ao sol pela manhã, para ajudar na fixação do cálcio.

Diminuir a quantidade de óleo, de açúcar refinado e sódio, e lembrar da ingestão de água, tudo isso vai contribuir para uma vida vegetariana saudável.

Já o vegetarianos que adotam uma dieta alimentar menos restritiva como os ovo – lacto e os lacto – vegetarianos, não precisam de suplementação, tendo uma nutrição parecida com uma dieta alimentar normal.

Vegetarianismo: Pais Vegetarianos, Filhos Vegetarianos?

vegetariano

Vegetarianismo

Nem sempre os filhos adotam os mesmos princípios dos pais – principalmente nos dias de hoje, onde a criança se envolve com outras pessoas, na escolinha, na casa de outros parentes, e deseja comer tudo que é ofertado independente da convicção dos pais.

É preciso que os pais conversem com a criança desde pequena, e aos poucos fazê-la entender através de atitudes o porque dessa opção alimentar.

Muitos cuidados devem ser tomados com a criança desde bebê.

Após o 4 mês de amamentação, é importante consultar o pediatra para analisar a hipótese de uma suplementação de ferro e de vitamina B12.

Caso não tenha uma exposição ao sol, a vitamina D também é indicada.

Sabendo combinar os alimentos, os vegetarianos tem uma vida normal sem nenhum prejuízo nutricional.

Fotos utilizadas sob licença Creative Commons: SweetOnVeg, nmorao