As raízes nervosas têm origem na medula espinhal!

Escrito por

Perturbações das raízes nervosas

As raízes nervosas têm origem na medula espinhal e são estruturas que recebem e emitem os impulsos de quase todo o corpo.

Essas raízes nervosas saem da medula espinhal através dos orifícios intervertebrais e cada uma delas leva a informação ou a sensibilidade para uma área particular do organismo.

As raízes nervosas estão organizadas aos pares: os nervos motores, que saem da face anterior da medula espinhal e estimulam os músculos, e os nervos sensitivos, que saem da face posterior da medula espinhal e levam a informação das sensibilidades ao cérebro.

Causas

Uma das causas mais frequentes de lesões das raízes nervosas é uma hérnia do disco intervertebral.

As raízes nervosas podem sofrer lesões como consequência do esmagamento (colapso) de uma vértebra que se costuma verificar quando os ossos se debilitam devido ao cancro, à osteoporose ou a uma lesão grave.

Outra das causas frequentes é a artrose (afecção articular de natureza degenerativa), uma perturbação que produz crescimentos irregulares do osso (excrescências ou osteófitos) que comprimem as raízes nervosas.
Como consequência disso, as pessoas de idade avançada podem apresentar um estreitamento do canal vertebral que reduz o espaço disponível para a medula espinhal (estenose vertebral).

Embora com menor frequência, os tumores medulares ou certas infecções (como a meningite ou o herpes zóster) podem também afectar as raízes nervosas

 Sintomas

Uma lesão de uma vértebra ou dos discos intervertebrais costuma comprimir as raízes nervosas.
A pressão provoca a dor, que geralmente piora quando a pessoa move as costas e pode aumentar com algumas manobras como a tosse, os espirros ou o esforço (por exemplo, ao defecar).

Se as raízes lombares (parte baixa das costas) são comprimidas, a dor pode verificar-se só na zona lombar ou então pode deslocar-se através do nervo ciático até às nádegas, à coxa, à barriga da perna e aos pés. Esta dor é conhecida como ciática.

Se a compressão for grave, os nervos não podem transmitir nem receber sinais para ou dos músculos inervados, e com o tempo produzir-se-ão debilidade e perturbações sensitivas. Por vezes altera-se a capacidade de urinar e o controlo das dejecções.

Quando as raízes do pescoço são afectadas, a dor pode chegar ao ombro, ao braço, à mão ou à nuca.