Ovos de Páscoa Alternativos: Escolha o Seu

Escrito por

Foi-se o tempo em que o tradicional ovo de chocolate ao leite era a única estrela da Páscoa.

A diversidade de exigências do consumidor moderno está levando ao aumento da produção de ovos alternativos, mais adequados a restrições alimentares.

Indivíduos diabéticos, celíacos, sem tolerância à lactose, alérgicos à proteína do leite, veganos ou que simplesmente não pretendem sair da dieta não precisam mais ficar a ver navios enquanto o resto da família abre as embalagens brilhantes dos ovos de chocolate.

Conheça a seguir algumas dessas novas versões e boa Páscoa!

Ovo de Alfarroba

alfarrobaA alfarroba é um fruto em forma de vagem produzida por uma árvore nativa da costa do Mar Mediterrâneo chamada alfarrobeira.

Ela é torrada e em seguida moída para se transformar em pó, num processo semelhante ao do café.

Curiosamente sua cor, seu cheiro e saber são tão semelhantes ao do cacau que muitas vezes é confundida com o chocolate tradicional.

No entanto a alfarroba já possui sabor doce, não exigindo adição de açúcar e, portanto, não contribuindo para o aumento do índice glicêmico.

Outro ponto a favor da grande popularidade da alfarroba entre intolerantes à lactose, proteínas do leite e veganos, é que dispensa o leite em seu preparo.

É rica em fibras, vitaminas do complexo B e A, polifenóis e minerais.

Ovos de Chocolate Sem Leite

Mas a alfarroba não é a única saída para quem não pode ou não quer consumir guloseimas com leite na receita: existem os ovos à base de leite de soja – que, como sabemos, não tem nada a ver com leite de origem animal.

A eles somam-se os ovos produzidos apenas com licor de cacau, manteiga de cacau e açúcar.

Os primeiros são mais fáceis de serem encontrados. Estão à venda em boas lojas de alimentos naturais. Já os segundos são produzidos pela marca Ouro Moreno.

Ovo de Páscoa de Chocolate Amargo

Se você não cai em nenhum grupo com restrições e simplesmente quer uma opção mais saudável do que o ovo de chocolate ao leite, o chocolate amargo é a melhor opção.

O cacau é altamente nutritivo – cheio de antioxidantes – e seus benefícios aumentam quanto maior for sua concentração no chocolate.

No chocolate amargo e variações, a quantidade de leite é bem menor, já que a de cacau predomina:

  • Chocolate extra amargo: 75% a 85% de cacau
  • Chocolate amargo: 50% a 75% de cacau
  • Chocolate meio amargo: 35% a 50% de cacau

Ovo de Páscoa Proteico

coelho de chocolate páscoaSim, até mesmo quem quer ganhar massa muscular tem um aliado no dia da Páscoa.

Ovos de proteína, como é o caso do Whey Protein, contém três vezes mais proteínas que o chocolate amargo e quatro vezes mais que ao leite.

Como possui outros benefícios, como regulação da função anti-hipertensiva, antimicrobiana e imune, pode ser indicado para pessoas que simplesmente precisam prestar atenção a essas condições físicas.

Celíacos também devem investir nos ovos de Páscoa proteicos, só que os mais artesanais, com frutas oleaginosas na fórmula.

Ovos de Chocolate Diet

Antes de mais nada e sempre importante salientar que ovos de chocolate light são apenas menos calóricos, enquanto o diet foi de fato desenvolvido para quem não pode ingerir açúcar.

Em outras palavras, o chocolate diet é adoçado com adoçantes artificiais e é destinado aos diabéticos.

Seu teor calórico, no entanto, continua semelhante ao – ou mesmo supera a – do ovo de chocolate comum, já que possui teor aumentando de gorduras e outros ingredientes que deixam o sabor mais atraente.

Ovo de Páscoa Orgânico

Praticamente todas as versões de ovos de Páscoa citados possuem versões orgânicas, ou seja, feitas a partir de ingredientes que foram produzidos sem aditivos químicos.

Não é só a feira que pode contar com ovos de galinha caipira e vegetais sem agrotóxicos!

Artigo elaborado por Joana Coccarelli