Osteoporose Explicada em Detalhes

Escrito por

 

Osteoporose: conheça os sintomas, exames, tratamentos e causas desta doença

O que e a osteoporose?

coluna com osteoporose

Quadro comparativo da coluna quando jovem e com osteoporose.

A osteoporose é uma doença ósseo metabólica, caracterizada como uma diminuição ou perda progressiva da massa óssea.

A diminuição desta, por sua vez, é a responsável pelo desenvolvimento de ossos frágeis, ocos e extremamente debilitados – sensíveis, sujeitando-os a possíveis fraturas.

O osso é um tecido que passa por constantes modificações, ou seja, os ossos não param de se desenvolver após a fase de crescimento.

O tecido ósseo é um tecido vivo, ou melhor, é um tecido extremamente ativo metabolicamente, que passa por frequentes processos de renovação.

O organismo possui células que atuam na renovação do tecido ósseo velho.

O organismo humano possui certas células que atuam especificamente na formação óssea e outras na reabsorção óssea.

osteopenia e osteoporose

Ao decorrer do tempo, com o envelhecimento, as células também passam por processos de envelhecimento.
O tecido ósseo já envelhecido é eliminado pelas células denominadas como osteoclastos.

Com a destruição dos tecidos ósseos velhos, ocorre a criação de novos tecidos ósseos, através das células reconstrutoras, chamadas osteoblatos.
Tais processos, são denominados como reabsorção óssea.

Nutrientes necessários para a renovação óssea

Para que tal processo possa ocorrer, é fundamental que haja a reabsorção de cálcio e outros minerais inerentes à formação da estrutura/densidade óssea.

Através desta reabsorção constante, são formados ossos novos, além de culminar na reconstituição e manutenção de ossos fraturados.

Além do cálcio e de outros minerais, é essencial que o organismo humano produza quantidades significativas de hormônios como o estrogênio (hormônio que se encontra com maior abundância no sexo feminino), hormônio do crescimento – GH, calcitonina e testosterona (hormônio masculino).

Ademais, é vital para a saúde óssea que haja o abastecimento adequado de vitamina D, pois este nutriente é responsável pela absorção eficiente de cálcio ingerido por meio da alimentação, além de depositá-lo em conjunto com o fosfato no esqueleto, contribuindo para a mineralização dos ossos.

Como a osteoporose se desenvolve?

Com o passar dos anos, em especial na faixa dos 30 anos, a absorção óssea se torna maior que a formação óssea, isto significa que, a produção de células velhas se eleva e a formação de células novas que possibilitam a reconstituição da massa óssea diminui progressivamente.

coluna vertebral e osteoporose

Além do que, a absorção de minerais e principalmente de cálcio, tende também a diminuir, provocando a não renovação dos tecidos ósseos, o que faz com que os ossos percam densidade, tornando-os porosos, fracos e suscetíveis à manifestação da osteoporose.

Com bases em dados fornecidos pela Fundação Internacional de Osteoporose (IOF), estima-se que, cerca de dez milhões de pessoas já foram acometidas e sofrem com osteoporose no Brasil.

Cortesia: Artigo ofertado pelo grupo Sare Drogarias.
Endereço facebook =Sare Drogarias Online