A Falta de apetite na Infância!

Escrito por

As falas dentro dos consultórios de pediatria e nutrição, sempre são as mesmas “Dr. meu filho não come!” – e as causas são as mais variadas, desde do ambiente familiar, socioeconômico ou até uma inapetência da criança.

Porque a criança não quer comer?

Nos primeiros anos de vida é muito comum a criança apresentar falta de apetite.
Muitas vezes essa inapetência começa a partir da reação da própria mãe que acaba cedendo aos apelos da criança deixando-a comer o que bem entende, visto que é uma forma de compensação.
A criança costuma optar por alimentos não nutritivos e desaprende a se alimentar com verduras, frutas e legumes.

Na maioria das vezes, a rejeição da criança a certos alimentos é reforçada pelo fato da mãe, ou da família em não ingerir esses tipos de alimentos. É importante lembrar que é somente uma pequena parcela de crianças que podem ser diagnosticadas como sofrendo de algum transtorno alimentar.

Esse tipo de atitude na primeira infância está relacionado com a neofobia (não aceitar novos alimentos) que em casos graves pode afetar o crescimento e o desenvolvimento da criança.

Nessa primeira fase da vida a criança apresenta um metabolismo aceleradíssimo, ela está em uma fase de crescimento muito intensa, daí a importância de cultivar logo nesta primeira infância uma alimentação saudável e completa de forma a suprir plenamente todas as necessidades do seu organismo. Carências nutritivas nesta etapa podem prejudicar seu desenvolvimento e seu crescimento podendo causar danos pelo resto da vida.

Como fazer a criança comer ?

Ofereça o alimento novo mais de uma vez assim fará com que seu filho passe a aceitar aos poucos esse alimento.
E nunca conclua que o fato de não haver boa aceitação em um primeiro momento, significa que não goste do alimento.

A seletividade – meu filho só come aquilo que ele escolhe!
Quando a criança se torna seletiva, é um grande problema para os pais, isso porque o consumo de alimentos pode acabar limitado a laticínios e carboidratos, não ingerindo nenhum outro tipo alimento.

Para sair do impasse use do bom senso e da criatividade.

Dicas e idéias de receitinhas para ajudar a criança a comer:

  • Incremente a dieta da criança com outros alimentos e estimule seu apetite caprichando na decoração.
  • Você também pode fazer gelatinas com suco de verduras, como couve, ou espinafre. Se for, por exemplo, com uma gelatina de limão nem irá alterar o sabor.
  • Ou ainda poderá fazer chup chup (sorvete de saquinho com fruta e leite).
  • Experimente também colocar sagu no meio da salada de frutas, dá um efeito lindo e as crianças adoram.
  • Outra dica bem interessante é trocar a sopa convencional por sopa de letrinha coloridas, com caldo de legumes batidos e divertido e eles nem vão notar.
  • Faça espetos de ovo de cordorna intercalando com tomate cereja, pepino, brocolis e peito de peru.
  • Ainda para deixar os baixinhos com água na boca prepare suflês em forminha pequenas tipo de pudim individual.
  • Vale a pena apostar na pizza de pão de forma para o lanche da tarde, pegue o pão de forma e com um desses cortadores redondos, que vc encontra facilmente nessas casa especializadas em produtos para bolo, corte no formato redondo ou de sua preferência coloque 1 fatia de de queijo, 1 fatia de tomate e óregano e está pronto.

Prático e rápido e não vai sobrar para ninguém.

Fotos utilizadas sob licença Creative Commons: ansik, bkaree1, » Zitona «