Como Correr Corretamente

Escrito por

Entre as resoluções de Ano Novo de muita gente consta um item sobre começar (ou retomar) atividades físicas regulares.

E um dos exercícios mais adotados para a busca da saúde e da boa forma é correr.

A Popularidade da Corrida

Não é para menos: a corrida mexe com o corpo inteiro. É uma excelente atividade aeróbica, alivia o estresse e pode queimar até 600 calorias por hora de prática.

maratonaCorredores dizem que a atividade vicia! Prova disso são as cada vez mais numerosas competições para corredores amadores nas grandes cidades, com número crescente de adeptos de todas as idades.

A corrida, além de tudo, socializa e é divertida.

Correr não requer matrículas em academias, equipamentos ou habilidades especiais. Poucos movimentos são tão universais quanto a corrida. Até os animais correm.

Os Segredos do Bom Corredor

O praticante regular de corrida possui uma boa consciência sobre o próprio corpo, pois correr exige que se saiba qual a amplitude certa da passada para cada estrutura anatômica, incluindo aí o grau de flexibilidade e força de cada um.

O segundo fator fundamental é a frequência das passadas, ou seja, quantos passos o corredor é capaz de dar num determinado tempo.

Ou seja, o que leva o corredor longe é a distância de cada passo e sua frequência.

Os Gestos Técnicos

Quando pensamos num corredor em ação, em geral o imaginamos com os braços flexionados em 90 graus. E não é para menos: essa posição favorece muito o equilíbrio do atleta e o ajuda a impulsionar o corpo para frente, acompanhando as passadas.

correndo na praiaOs braços “largados” atrapalham o ritmo da corrida e desestruturam a postura, levando ao risco de dores nos ombros e na coluna.

Outro detalhe de importância vital para a corrida é sempre tocar o chão primeiro com os calcanhares, jamais com a ponta dos pés. Os dedos devem vir por último, e são eles os grandes responsáveis pelo impulso necessário à próxima passada.

Também evite pisar com os pés inteiros de uma vez, já que isso sobrecarrega o joelho e potencializa o impacto. Mais uma vez: calcanhares primeiro!

Convém, ainda, não esticar as pernas quando lançadas para trás. Procure dobrar os joelhos: além de mais confortável, a articulação sofre menos sobrecarga.

Aonde Correr e O Que Vestir

Correr corretamente também incluir detalhes que vão além da fisiologia.

Fuja de terrenos acidentados. Até os que possuem inclinações medianas não são recomendados, principalmente se você está começando ou se está à procura de um lugar para treinar regularmente.

Escolha terrenos planos, de preferência parques ou orlas de praias, onde o circuito é mais contínuo e não oferece risco de atropelamento por automóveis.

Se não for possível, considere uma academia de ginástica que ofereça esteiras.

tênis de corridaUse roupas confortáveis e próprias para o clima vigente: leves para os dias de calor e mais fechadas para tempo frio.

A grande vedete, no entanto, é o seu par de tênis: compre um novo, específico para corridas, que absorva o impacto das passadas.

Todas as boas marcas de tênis possuem modelos específicos com sistemas de amortecimento, para todos os bolsos.

Como Começar a Correr

Quem quer incluir a corrida na rotina do bem estar deve começar com calma. Qualquer afobação poderá gerar cansaço excessivo, fadiga, dores, desânimo e, em última instância, levar à desistência dessa prática tão saudável.

Não é para ser assim. É importante lembrar que correr exige bastante da musculatura respiratória e produz impacto repetitivo sobre as articulações. Portanto, devagar é a palavra de ordem.

Procure Ajuda de Profissionais

médicoAntes de mais nada, procure um clínico geral ou um médico especializado em esporte e faça um check-up. Informe sobre sua vontade de começar a correr. O médico deverá avaliar se você possui as condições físicas necessárias para iniciar a prática.

Se você possui metas envolvendo perda de peso, procure um nutricionista para adequar sua dieta à nova rotina de corredor. Solicite uma avaliação de composição corporal, para saber quais os percentuais de massas gorda e magra que você apresenta.

Por último, considere contratar um preparador físico ou personal trainer para acompanhá-lo nas primeiras vezes em que for correr. Este profissional deverá ter graduação em Educação Física e poderá preparar um treino de adaptação específico para você.

O Treino de Adaptação

O treino de adaptação é o momento de transição para a corrida. Em geral ele alterna caminhadas com alguns minutos de corrida não muito intensa. Aos poucos esses minutos vão aumentando, até que você seja capaz de correr durante todo o tempo disponível.

É imprescindível que você disponha de pelo menos dois dias da semana alternados para começar a treinar, com uma hora dedicada a isso em cada dia.

E você sempre pode contar com alguns aplicativos que o orientam na hora da corrida.