Alimentos Funcionais no Controle da Sinusite e Rinite

Escrito por

É muito comum que nas passagens de uma estação para outra, aumente a incidência de casos de sinusites e de rinites alérgicas.
Saiba um pouco mais sobre a diferença entre cada diagnóstico e qual a dieta para fortalecer seu organismo contra estes sintomas.

Alimentos funcionais são,como o próprio nome o diz, alimentos com qualidades específicas que ajudam a fortalecer o corpo ou a combater doenças.

No caso, aqui trataremos da melhor dieta para ajudar a reforçar o organismo contra os sintomas de sinusite e de rinites alérgicas.

O clima um pouco mais frio e úmido ou, no extremo oposto, seco demais, contribui para as crises de espirro, alergias, coceiras e secreções no nariz, coriza, tosse e até mesmo febre.

Mas o tempo irregular não é o único causador da sinusite e da rinite: alguns alimentos tem o poder de provocá-las ou agravá-las.

A boa notícia é que, eliminando-os e complementando a dieta com os itens certos, você pode virar o jogo. Veja como.

Diferença entre Sinusite e Rinite

A rinite é uma reação alérgica causada pela exposição à poluição, poeira, ácaros e pelos de animais.
Particularmente, durante a primavera, existem casos de rinites provocados por pólen e por plantas também.

A sinusite, por sua vez, é a inflamação dos seios faciais (cavidades ao redor do nariz e testa), que ficam cheios de muco. É causado por bactérias.

Alimentos que Agravam a Sinusite e Rinite

leiteTanto a sinusite quanto a rinite podem ser causadas ou agravadas pelo consumo de leite e alguns de seus derivados. A manteiga e o creme de leite, no entanto, estão fora da lista negra.

Isso acontece quando a flora intestinal está enfraquecida (condição conhecida como disbiose), permitindo que duas moléculas do leite, a caseína e lactoglobulina, cheguem à corrente sanguínea.

Essas moléculas são de grande porte e o organismo humano reage como se fossem corpos estranhos que precisam ser eliminados do corpo.

Uma das consequências dessa reação é a produção do muco típico da sinusite e dos sintomas da rinite.

Os efeitos alérgicos do consumo do leite começam a ser sentido em uma semana.

Outros alimentos que provocam ou agravam a sinusite ou rinite são chocolate, farinha de trigo, ovos, frituras e alimentos processados.

Curiosamente sucos de frutas devem ser evitados, pois nutrem fungos presentes em pessoas com sinusite crônica, assim como açúcar refinado.

Bebidas alcoólicas e sal em excesso também precisam ser restringidos.

Alimentos Funcionais que Tratam a Sinusite e a Rinite

kiwiOs líquidos certos ajudam a drenar os seios da face de diluir o muco: abuse da água, chás e sopas.

Frutas e legumes com vitamina C possuem bioflavonóides, substância com propriedades antiinflamatórias: laranja, limão, tangerina, abacaxi, uva, amora preta, morangos,mamão papaia, kiwi, pimentão amarelo.

Inclua na dieta frutas oleaginosas como amêndoa, pistache, avelã e castanha do pará.
Elas são ricas em vitamina E, que também possui ação antiinflamatória. Óleos de girassol e de gérmen de trigo também são indicados.

O zinco, da mesma forma, é um dos protagonistas na recuperação de casos de sinusite e rinite: carne de boi, ostras, vitela, peru, cordeiro, sementes de abóbora, amendoim e amêndoa.

E atenção: cebola, alho, raiz-forte, pimentas, tomilho, gengibre, canela, cravo e cominho são descongestionantes naturais.

Outros Tratamentos com Alimentos para Aliviar a Congestão

Conheça outras formas de aliviar a sinusite e a rinite a partir de alimentos estratégicos:

  • Eucalipto: use as folhas ou gotas de óleo de eucalipto numa panela de água quente. Aproxime o rosto e cubra a cabeça com uma toalha quente, para favorecer a concentração de vapor no nariz e testa.
  • Hortelã: adicione dois pacotinhos de chá de hortelã à água quente. Proceder da mesma forma que a receita com eucalipto.
  • Óleo vegetal de copaíba: massageie o rosto com óleo vegetal de copaíba logo após a inalação caseira. Cubra o rosto com um pano seco.