Aftas: O Que Fazer?

Escrito por

 

As aftas são úlceras que aparecem na cavidade oral, podendo acometer a gengiva, os lábios ou a língua.

Elas são ovais, normalmente brancas ou amareladas, com as bordas avermelhadas.

As aftas provocam dor e prejudicam a mastigação, a deglutição (ato de engolir) e a fala.

Podem ser únicas ou múltiplas; a lesão mais comum é aquela que tem até 10 mm de diâmetro e dura de 10 a 14 dias.

Há pessoas que apresentam aftas por períodos quinzenais durante mais de um ano.

As úlceras maiores são menos frequentes, porém mais sérias, podem durar semanas ou até meses, deixando cicatrizes.

Causas da Afta

exame boca criançaSão propostas várias causas para essas lesões, mas nenhuma ainda foi bem estabelecida.

Elas começam a aparecer na infância, mas são mais freqüentes em adolescentes e adultos jovens.

Nesse caso, os indivíduos se enquadram na categoria de portadores de uma doença chamada Estomatite Aftosa Recorrente.

Tal condição pode estar relacionada a doenças do sistema imunológico (responsável pela defesa do organismo), deficiência nutricional (falta de vitamina B12 ou vitamina C) e alergia a alimentos.

As aftas também guardam relação com o aumento da acidez da boca e o estresse emocional.

Diagnóstico da Afta

Não há um exame específico para o diagnóstico das aftas. Basta a avaliação clínica para identificá-las.

Pode ser necessária a realização de biópsia das lesões quando há suspeita de alguma doença em especial.

Tratamento da Afta

As aftas pequenas, já mencionadas como as mais comuns, não precisam de tratamento e desaparecem em até duas semanas.

Se as úlceras forem muito grandes, provocarem muita dor, forem frequentes ou provocarem muita dificuldade para engolir, procure um médico.

Para alívio da dor, pode-se recorrer a medicamentos tópicos: as chamadas soluções orais para bochecho. Muitas delas contêm anestésicos ou antibióticos e são capazes de proporcionar conforto ao paciente.

Nos casos mais graves, pode ser necessário o uso de remédios anti-inflamatórios, mas é prudente contar com orientação médica para isso.
Algumas medidas podem ajudar na recuperação:

  • abacaxiEvitar alimentos ácidos, como frutas cítricas (abacaxi, laranja e limão), refrigerantes e comidas com muito sal, pimenta e condimentos, pois eles são irritantes;
  • Deve-se escovar os dentes com delicadeza;
  • Pode-se quebrar pequenos pedaços de gelo para colocar na boca, já que eles dão sensação refrescante e aliviam a dor;
  • Não se deve colocar bicarbonato de sódio diretamente sobre a afta, mas bochechar uma colher de chá do produto diluída em um copo d’água é uma forma de tratar a lesão;
  • Não é indicado manipular a afta, furando-a com uma agulha por exemplo.