Tipos de eletrodutos mais usados!

Escrito por

Eletroduto corrugado flexível reforçado

O Eletroduto Flexível Reforçado foi desenvolvido para lajes e pisos, a serem aplicados sobre as formas e ferragens, porém exige alguns cuidados de proteção nos pontos críticos, pois apesar de sua resistência, pode sofrer achatamento durante a concretagem comprometendo a passagem da fiação.

Para executar emendas no eletroduto flexível é recomendável o uso de luvas de pressão, a fim de evitar falhas que possam permitir a passagem de nata de cimento para o interior da tubulação.

O manuseio de vibradores de concreto deve ser feito com cautela, evitando contato direto do equipamento com a tubulação, e nas áreas de tráfegos com carrinhos e giricas é aconselhável a execução de proteções sobre o tubo, evitando desta forma o achatamento do mesmo.

Eletrodutos e Conexões de PVC Rígido Roscável

— Aplicação

* Em instalações elétricas e de telefonia, embutidas em lajes, paredes ou pisos.

* Em instalações enterradas, devidamente envelopados em concreto.

— Execução

* Cortar os eletrodutos perpendicularmente a seu eixo e executar de forma a não deixar rebarbas e outros elementos capazes de danificar a isolação dos condutores no momento da enfiação.

* Executar as junções com luvas e de maneira que as pontas dos tubos se toquem, devendo apresentar resistência à tração pelo menos igual à dos eletrodutos.

* Não deve haver curvas com raio inferior a 6 vezes o diâmetro do respectivo eletroduto; somente curvar na obra eletroduto com bitola igual ou menor a 25mm² (3/4″) e desde que não apresente redução de seção, rompimento, dobras ou achatamento do tubo; nos demais casos, as curvas devem ser pré-fabricadas.

* Quando enterrada no solo, envolver a tubulação por uma camada de concreto; como elemento vedante nas junções, utilizar fita Teflon; a tubulação deve apresentar uma ligeira e contínua declividade em direção às caixas, não sendo admitida a formação de cotovelo na sua instalação.

* Quando embutidos em laje, instalar os eletrodutos após a armadura estar concluída e antes da concretagem; devem ser fixados ao madeiramento por meio de pregos e arames usados com 3 ou mais fios, em pelo menos 2 pontos em cada trecho; fazer as junções com zarcão ou fita Teflon.

* Nas juntas de dilatação de lajes, seccionar os eletrodutos, mantendo intervalo igual ao da própria junta; fazer a junta dentro da luva de diâmetro adequado.

* Quando embutidos no contrapiso, assentar sobre o lastro de concreto e recobrir com concreto magro para sua proteção até a execução do piso.

* Fazer a fixação dos eletrodutos às caixas de derivação e passagem por meio de buchas na parte interna e arruelas na parte externa.

* Durante a execução da obra, fechar as extremidades livres do tubo e as caixas, para proteção.

* Deixar no interior dos eletrodutos, provisoriamente, arame recozido para servir de guia à enfiação, inclusive nas tubulações secas

Eletrodutos Rígidos

Os eletrodutos rígidos são tubos de aço sem costura, galvanizados a fogo, interna e externamente próprios para nosso clima, e têm por fim suportar e proteger os fios e cabos de circuitos elétricos.

Os tubos se destinam a instalações elétricas residenciais e industriais, aparentes ou embutidas, que demandem segurança, alta responsabilidade e a prova de explosão;

APLICAÇÕES: Instalações elétricas industriais tais como: refinarias de petróleo, indústrias de explosivos, petroquímica, papel, madeira, centrais elétricas e indústrias em geral.

fontes: Tigre   /   Amanco