Tinta Térmica para Telhados

Escrito por

A tinta térmica para telhados é uma ótima forma de isolamento térmico. Ela promete reduzir o consumo de energia elétrica em torno de 60%, refrescando o interior de residências, galpões, armazéns.

Durante o verão, telhados são capazes de absorver 80% dos raios solares, elevando a temperatura interna a marcas como 70 graus centígrados.
A tinta térmica diminui em 84% a radiação nas telhas. Ela foi originalmente desenvolvida para revestir aeronaves, navios, alvenarias e tubulações.

Até a sua chegada ao brasil, a espuma de poliuretano – pouco sustentável, pois possui base de petróleo – era amplamente utilizada para isolamento térmico.
No entanto, a eficiente tinta térmica, feita à base de água e microesferas ocas de vidro, está ganhando cada vez mais adeptos. Além disso, custa em média metade do valor da espuma de poliuretano.

A tinta térmica pode, inclusive, aumentar a eficiência das mantas térmicas de alumínio usadas no forro por baixo das telhas.

Os fabricantes da tinta térmica garantem que, se a edificação for bem ventilada, é possível dispensar o uso de ar-condicionado. Saiba mais a seguir.

Tintas Térmicas para Telhados:

telhados-brancosA tinta térmica com microesferas de vidros foi desenvolvida pela NASA, a agência espacial norte-americana. No mercado internacional, a tinta térmica consta como a solução mais em conta quando o assunto é isolamento térmico.

Na verdade, ela pode ser aplicada em qualquer superfície estratégica que evite o aquecimento excessivo de seu interior. No entanto, como os telhados são os maiores responsáveis pelas altas temperaturas internas, são os mais indicados para receber o tratamento.

Ainda assim, no Brasil, a tinta ainda não é reconhecida como isolante térmico em licitações públicas de obras. O antigo poliuretano ainda é a exigência.
A ONU (Organização das Nações Unidas), no entanto, vem elaborando regulamentação de aplicação mundial para que a tinta seja reconhecida por sua eficiência e por sua sustentabilidade.

Vantagens da Tinta Térmica

As microesferas de vidro ocas são capazes de refletir cerca de 99% dos raios solares – uma altíssima taxa de eficiência em termos de proteção térmica. Este é seu grande trunfo.

No entanto ela também é sustentável. Sua composição não deixa resíduos tóxicos no ambiente. Além de tudo, ela é aplicada igual a uma tinta comum, o que pode ser feito por qualquer pessoa.

Essas características contrastam com a espuma de poliuretano, também conhecida como “isolante resistivo”. Além de ser nociva ao meio-ambiente, é mais cara e exige equipamentos e mão-de-obra especializada para ser aplicada.

Como Utilizar a Tinta Térmica

telhado-branco-pinturaA tinta térmica com microesferas ocas dura cerca de cinco anos; depois desse prazo, é preciso passar novas camadas sobre a superfície.

Ela pode ser encontrada em diversas cores. No entanto, para telhados e coberturas de edificações, a branca é a indicada.

Pode ser aplicada tanto em superfícies externas quanto para paredes internas e tetos. É não inflamável e atóxica.

O rendimento da tinta térmica pode variar de quase 1 litro por metro quadrado a até 75 metros quadrados para um balde de 18 litros. Essas diferenças ficam por conta do local que receberá a aplicação a até mesmo a marca do produto.
Algumas marcas, por exemplo, utilizam microesferas de cerâmica; outras revestem as microesferas com uma camada de dióxido de titânio, o que contribui para sua maior duração e resistência.

Esse tratamento aumenta o isolamento sonoro e dificulta o surgimento de fungos.

Portanto, na hora de comprar, verifique as especificações térmicas de cada marca. O item mais importante é o índice de diminuição da temperatura interna do ambiente alcançado com o uso daquele produto.