Sistemas para Montar um Telhado Verde

Escrito por

Um telhado verde não apenas aproveita a área da cobertura da casa para plantar vegetais – o que por si só já é uma ação ecologicamente consciente – como também acaba promovendo temperaturas mais amenas no interior da construção.

No mercado, já existem diferentes tipos de sistemas para facilitar a instalação e a manutenção do telhado verde. Eles impões menores sobrecargas sobre a estrutura superior da edificação.

Acompanhe nossa matéria especial e dê um passo além no planejamento de uma casa sustentável.

Características dos Sistemas para Telhados Verdes

Sistemas para telhados verdes podem variar. Mas, de forma geral, simulam o solo natural.

No entanto, ao invés de exigir 500kg/m2 de terra, que garante 40cm de espessura, os sistemas se utilizam, em média, de um substrato que é muito mais leve: 120kg/m2, correspondente a apenas 15cm de espessura.

telhado-verdeOs sistemas também possuem reservatórios de água que funcionam como lençol freático. Uma estrutura drenante representa rochas decompostas e a impermeabilização, a rocha sólida.

Mesmo com esse modelo enxuto, sobre o telhado verde é possível cultivar não apenas um gramado como também vários tipos de plantas. Isso inclui flores e arbustos.

Ainda assim, a necessidade de intervenção é muito menor com a adoção de um sistema: os fabricantes prevêem manutenções de seis em seis meses, quando drenos, ralos e vegetações indesejáveis que podem surgir na camada de cultivo.

Ventos, pássaros e morcegos sempre podem trazer sementes estranhas.

Sua Casa Está Preparada para um Sistema de Telhado Verde?

Para receber um sistema para telhado verde, é necessário que a sua casa esteja em dia com alguns pré-requisitos.

O primeiro deles é calcular o peso que um telhado ecológico teria sobre o seu, e se ele seria capaz de suportar o peso – sempre considerando o limite máximo de crescimento da vegetação.

A cobertura da edificação também deve ser impermeabilizada, com testes de estanqueidade contra vazamentos de água. Caso exista a possibilidade de cultivar arbustos ou gramados espessos, será necessário instalar uma manta com proteção antirraízes na base.

É fundamental que exista um ponto de fornecimento de água e outro de eletricidade no nível do telhado: eles são necessários para o funcionamento de irrigação do telhado ecológico.

telhado-verde-casa

Quando o telhado é inclinado, seus beirais devem ser reforçados para aguentar a pressão da terra e das plantas, evitando o deslizamento do material.

Finalmente, as estruturas de escoamento de água da chuva, como calhas ou ralos, devem estar em dia. Nenhuma água deve se acumular.

Tipos de Sistemas para Telhados Ecológicos

Existem diferentes tipos de sistemas para telhados verdes.

Os de sistema modular, por exemplo, consistem em caixas de plástico reciclado que contém todas as camadas que deverão compor o ecotelhado.

telhado-vivo-modular

Sua grande vantagem é que elas são montadas com facilidade, sem a necessidade de retirar e replantar os vegetais, a terra e a drenagem.
Não é necessária mão-de-obra especializada para removê-las quando da necessidade de manutenção da cobertura. Além disso, suportam espécies de até 50cm de altura. Dois dos fornecedores desse modelo são a Ecocasa e o Quadro Vivo.

Os sistemas em zinco da ZinCo foram criados na Alemanha e servem a coberturas planas, inclinadas em até 35 graus e até mesmo curvas. Sua linha básica oferece irrigação integrada, mas permite apenas vegetação específica, que consuma pouca água.
Além disso, ela diminui muito o calor interno gerado por coberturas de zinco.

Já a avançada suporta vegetação mais espessa – até mesmo árvores.

Outros sistemas, como o da Remaster, possuem piso elevado, de modo a reter a água da chuva. O substrato, quando saturado, tem seu excedente reutilizado em sua autoirrigação.