Sauna à Vapor: Como Construir

Escrito por

Sonho de muitas pessoas que moram em casas e possuem espaço sobrando no terreno, a construção da sauna à vapor possui particularidades. Conheça-as e tire o seu projeto do papel.

Inclinação do Teto da Sauna à Vapor

O teto da sauna a vapor deve ter uma inclinação igual a 10% do prolongamento. Por exemplo: se o prolongamento é de 2 metros, a inclinação deve ser igual a 20cm.

Essa inclinação é fundamental, pois quando o vapor condensar surgirão gotículas d’água no teto. Com a inclinação essas gotículas vão escorrer para a extremidade mais baixa do teto e não sobre a cabeça das pessoas, ou seja, acima dos bancos só haverá vapor.

Isolamento Térmico

Na sauna à vapor é importante que se faça um isolamento térmico com vermiculita. Esse material é um mineral com propriedades térmicas e acústicas.

Após a colocação da laje, reboque todas as paredes e teto com uma massa do cimento e vermiculita. A proporção é de 5 latas de vermiculita para cada lata de cimento.

Adicione água até dar liga e faça um reboco com 2,5cm a 3cm de espessura. Deixe secar por completo (2 a 3 dias) e só depois dê o acabamento escolhido.

Assim a temperatura permanecerá conforme o programado.

Revestimentos para sua Sauna à Vapor

As paredes da sauna à vapor podem ser revestidas com epóxi, azulejos, mármore ou até mesmo tinta látex. No entanto o teto deve ser sempre liso, sem rejuntes de azulejos, para que não ocorra a presença de indesejáveis gotículas d’água.

Já para o piso utilize materiais anti-derrapantes: borracha, ardósia, pedra mineira, cerâmica texturizada, etc.

Pontos de Água e Escoamento

sauna à vaporNão esqueça de prever um ralo no interior do ambiente e outro próximo ao aparelho, caso este esteja instalado fora do recinto.

É importante deixar dois pontos de água. Um para alimentar o equipamento e outro livre dentro do recinto.

Só assim você poderá, sem sair para fora da sauna, encher um balde com água e derramar sobre sua cabeça. Ou ligar possíveis chuveiros internos para uma ducha.

Entrada e Circulação de Vapor na Sauna

A entrada de vapor da sauna deve ser um canto neutro, próxima à parede frontal aos bancos. Sua altura pode variar entre 20cm e 30cm.

Para obter a movimentação do vapor, faça um orifício de ¾” (para saunas residenciais), próximo ao teto, na parede que estiver atrás dos bancos ou na lateral próxima.

O orifício deve ser feito em sentido diagonal em relação à entrada de vapor. Assim ele se movimentará uniformemente ao longo da bancada.

Iluminação e Porta da Sauna à Vapor

Para a iluminação do recinto utilize luminárias blindadas e instale o interruptor fora o ambiente.

A porta deve ser impermeável, térmica e possuir visor transparente. Deve sempre abrir para fora do ambiente.