ASSENTAMENTO: No revestimento cerâmico?

Escrito por

Assentamento no Revestimento Cerâmico, o que é?

Assentamento como é chamado nada mais é que o ato de aplicar o revestimento cerâmico.

Aplicando as peças cerâmicas fazendo-as deslizar um pouco sobre os cordões de argamassa.

Pressionando as peças com a mão e batendo com um martelo de borracha para esmagar os cordões e assegurar uma melhor aderência.

Preciso molhar as peças cerâmicas antes do assentamento?

Com uso das argamassas preparadas industrialmente não há necessidade de molhar as peças cerâmicas, pois elas possuem retentores de água que garantem que a cerâmica não vai absorver água da argamassa.

Nos casos em que ainda se faz uso do sistema de areia e cimento preparado na obra, é recomendável molhar as peças cerâmicas por 30 min.

Controle da aderência

De vez em quando retire e observe uma peça recém assentada.

O verso da peça deverá estar com, no mínimo, 90% de sua área preenchida com argamassa colante.

Antes de rejuntar, faça do teste do som “oco”: bata na cerâmica, observando a existência de áreas não preenchidas.
Este som é sinal de peça mal assentada.

Retire a placa e assente-a novamente.

Controle o tempo em aberto da argamassa colante. A argamassa estará em boas condições se, ao tocar os cordões, os dedos sujarem.

Não aplique o revestimento em áreas onde a argamassa já estiver seca.

Rebocando (emboço)

Passadas 24 horas depois de fazer o chapisco inicie o reboco, usando 1 parte de cimento para 5 de areia média de rio e 0,5 ou ½ de cal de boa qualidade que pode ser substituída por plastificante.

Caso preferir utilizar argamassa de emboço pré-fabricada, siga rigorosamente as instruções do fabricante.

A superfície deve ser plana, rugosa, sem fissuras e livre de fatores que reduzam a aderência tais como:
umidade excessiva, óleos, graxas e outros.

A areia média é ideal porque o reboco fica com uma superfície rugosa, com boa aderência da argamassa colante na hora da fixação final das peças cerâmicas.

Não esqueça que a areia deve estar livre de sais e outras impurezas.

 Execução do emboço em paredes internas

Se a alvenaria for de tijolos de cerâmica, estes deverão ser de boa qualidade.

Os blocos de concreto devem ter baixa absorção de água e serem curados adequadamente, serem assentados no prumo e com argamassa resistente.

A parede deve estar limpa, ter superfície regular, ser plana, sem fissuras e livre de fatores que reduzam a aderência tais como: umidade excessiva, óleos, graxas e outros.

Antes de aplicar o reboco é comum chapiscar a superfície dos blocos com argamassa apropriada. Esse chapisco aumenta a área de contato do reboco e garante aderência.

Prepare a argamassa de chapisco com uma parte de cimento para dois de areia lavada grossa.

Para qualquer tipo de base, umedeça-a com o auxílio de uma trincha.

Planejamento das juntas

As cerâmicas se diferenciam de outros tipos de acabamentos porque compõem mosaicos ao gosto do projetista. As juntas fazem parte da qualidade das aplicações e auxiliam na beleza do revestimento.

Além da importância estética as juntas desempenham importante papel porque dão flexibilidade para a superfície na acomodação das peças.