Piso ceramico – Qualidades do piso ceramico no dia a dia

Escrito por

Qualidades do piso necessárias no dia a dia

– Durável;
– Resistente;
– Antialérgico;
– Antiinflamável;
– Facilidade de limpeza;
– Material adequado ao clima brasileiro;
– Possibilidade de criar diferentes opções de decoração do ambiente.

O revestimento cerâmico tem as seguintes funções:

* Dar proteção aos elementos estruturais.

* Auxiliar nas vedações no cumprimento de suas funções:
– isolamento térmico
– segurança ao fogo
– estanqueidade de água e gazes

* Regularizar a superfície dos elementos de vedação.

* Constituir no acabamento final, cumprindo as exigências de:
– estética
– valorização econômica
– higiene

Piso ceramico – Para escolher corretamente o seu piso leve em consideração os seguintes requisitos:

– Procedência do Produto:
se tem informações sobre o fabricante (telefone, endereço) e indicação de estar de acordo com as normas.

– Local de Aplicação (parede ou piso):
área residencial, comercial ou industrial.

– Trânsito no Local:
de pessoas, de veículos, de móveis que são arrastados – para determinar o Índice PEI do produto que será comprado.

– Umidade no Local:
para determinar o Grupo de Absorção do produto – para locais mais úmidos, recomendam-se produtos com baixa absorção.
A absorção de água é uma propriedade do corpo cerâmico e está diretamente relacionada com a porosidade da peça.

Outras características como a resistência ao impacto, a resistência mecânica, a resistência ao gelo, a resistência química estão associadas com a absorção de água.

Os revestimentos cerâmicos possuem uma variação de absorção de água desde absorção quase zero para porcelanatos até cerca de 20% de absorção para azulejos.

– Metragem do Local (m2):
para cálculo da quantidade de peças necessárias.

Piso ceramico – Como é feita a análise e classificação em relação á DEFEITOS ?

A análise da superfície das placas cerâmicas, é efetuada a olho nu, sob iluminação adequada, para detectar defeitos que comprometam a estética do produto, tais como bolhas, pintas, furos, saliências, lascamentos, erros na decoração, etc, sendo os produtos classificados como:

Extra (A) – Defeitos visíveis até 1m de distância;

Comercial (C) – Defeitos visíveis de 1m a 3m de distância;

Refugo (D) – Defeitos visíveis acima de 3m de distância

Por norma, o consumidor deve receber 95% das placas dentro do padrão de qualidade pelo qual pagou.

Piso ceramico – Como especificar corretamente?

Para cada tipo de uso e ambiente, existe um revestimento cerâmico mais indicado, sendo muito importante na hora da especificação, ter conhecimento sobre todas as generalidades do projeto, com especial atenção às condições de uso (tráfego, agentes manchantes ou que possam riscar o produto), à cor e ao tipo de superfície do produto.

Quando o consumidor ou o assentador assumem o papel de especificadores, tornam-se responsáveis pela escolha realizada assim como suas conseqüências. Por isso, o ideal é sempre consultar um profissional , que possui conhecimento técnico de todos os produtos vendidos na loja.

Mais sobre assentamento do piso

Revestimento do piso
Um piso revestido com placas cerâmicas é formada basicamente pelas seguintes camadas:

Base:
Camada intermediária: é o piso a ser recoberto. Pode ser feito de uma camada de concreto simples ou armado, laje maciça de concreto armado ou laje mista, sobre a qual serão aplicadas as camadas necessárias para o revestimento cerâmico.

Camada intermediaria:
camada entre a base e o contrapiso, cuja finalidade é regularizar a base, corrigir cota e/ou caimento do piso, impermeabilizar, embutir canalizações, isolar termicamente, ou separar a base do contrapiso.

Contrapiso:
camada de argamassa sobre a qual é assentado o revestimento cerâmico.

Argamassa colante:
utilizada para fixar o revestimento cerâmico no contrapiso.

Camada cerâmica:
formada pelo revestimento cerâmico.

Piso ceramico

Piso ceramico – camadas

fonte:Dal Fabbro