Pinceis usados para pintura em Modelismo e Aerografia

Escrito por

Bons pincéis custam caro. Mas é um investimento que vale a pena.

Se bem cuidado e mantido limpo, um bom pincel dura anos a fio.

Pinceis no Modelismo

Pincéis são cerdas juntas fixas em um cabo.
Existem diferentes formatos, tamanhos e características, dependendo do pêlo usado para fabricá-lo.

Um pincel mais duro, de pêlo de cavalo, pode ser usado para efeitos especiais ou para dar polimento, por exemplo.

O Sumiê japonês, em um outro exemplo, é desenhado usando grossos pincéis de pêlo de rato, que retêm muita tinta. Existem pincéis de Nylon para tintas sintéticas e muitos outros.

Um pincel começa muito fino (000) e cresce (00, 0, 1, 2, 4, 8, …) à medida que ganha mais cerdas.
Cada fabricante varia a numeração de acordo com seus próprios padrões. Mesmo quando se usa o aerógrafo, um bom pincel é indispensável para alguns retoques ou peças muito pequenas.

Vale a pena investir em bons e macios pincéis de pelo de marta, de vários tamanhos.

Tenha desde os pequenos e redondos para pintura em geral e detalhes, até aqueles chatos e largos para grandes superfícies e também para efeitos de envelhecimento.

Quando se pinta superfícies de média a grande extensão, a pincel, é bom aplicar a tinta um pouco diluída, da seguinte maneira:

Agite bastante o frasco de tinta, abra-o, colocando a tampa virada de ponta-cabeça sobre a boca do frasco. Utilize a tinta que estiver no interior da tampa.
Por outro lado, se for pintar grandes extensões como fuselagens, separe um pouco de tinta em um frasco e mantenha outro frasco com solvente, (Álcool de farmácia é o ideal), ao lado.

Pintura de aeromodelismo

Pinceis no aeromodelismo

Mergulhe o pincel em álcool, antes de mergulhá-lo na tinta, depois aplique a tinta num só sentido.

Nunca “volte” com o pincel, enquanto a tinta ainda estiver fresca, sobre uma região que já foi pintada.
Assim, não ficam aquelas marcas de pincel.

Não espere cobrir tudo com uma só passada.Só volte com tinta naquela região, quando a camada anterior já estiver completamente seca.

Aplicando sempre a tinta dissolvida desta maneira, ela fica mais fluida e fácil de se trabalhar.

Então lembre-se:

Sempre que usar o pincel não fazê-lo na vertical e sim obliquamente sobre o modelo.
O pincel deve ser passado sempre na mesma direção da esquerda para a direita ou da direita para a esquerda nunca no sentido vai-e-vem como se estivesse pintando uma parede.

Bons pincéis são os da Tálens e da Winsor & Newton.
Os mais fáceis de encontrar são os Kolinsky, fabricados pela Tigre e vendidos nas casas de material artístico e de artesanato.
Podem ser usados também pinceis largos de maquiagem para a limpeza de poeira do kit. 

Na aerografia

aerógrafo (airbrush)

Os pincéis são utilizados para detalhes de acabamento, para colocar tintas nos copos de tinta, ou para a limpeza dos copos de tinta (especialmente no caso de copos fixos).

Para detalhes de acabamento, o pincel ideal é o de pelos de marta,  que apesar de ser mais caro, tem sempre uma ponta perfeira e uma durabilidade maior se for cuidado corretamente.

Os pincéis de pelo de marta não devem ficar muito tempo na água, e devem ser sempre lavados e secos após o término do trabalho.

Para trabalhar com acrílicos, ou goma líquida para máscara, os pincèis de marta não devem ser utilizados, pois corre-se o risco de inutilizar os pincéis.

Também é aconselhável que se tenha pincéis de várias formas e tamanhos, de pelos sintéticos.

Para limpeza dos copos de tinta, é aconselhável utilizar pincéis de cerdas mais duras.

Fontes: aerografia.com  /   Webkits Modelismo
Fotos utilizadas sob licença Creative Commons: See-ming Lee 李思明 SML, The U.S. National Archives, HARRY NG