Pergolados Rústicos e Econômicos para Casas de Praia ou Campo

Escrito por

De todos os tipos de pérgola, a de madeira consta com a mais rústica das opções. Afinal, dialoga diretamente com as árvores existentes na área externa da casa. No entanto, os verdadeiros pergolados rústicos possuem características próprias que os tornam ainda mais ligados à natureza, conferindo um visual bem mais despojado. Confira alguns exemplos.

Se o pergolado rústico é o que você quer, vai contar com algumas vantagens. Ele é relativamente fácil e rápido de montar, mais barato e você poderá utilizar madeira que você mesmo poderá colher.

Além de fazer a cobertura de um espaço de lazer e repouso, ele também poderá ser usado como garagem ou estar presente em jardins de inverno.

Como Fazer Pergolados Rústicos

pergolado troncos naturais

Pergolado feito de troncos e galhos

Também conhecido como caramanchão, o pergolado pode ser independente ou mesmo uma extensão da casa. Dentre os materiais próprios para pérgolas, a madeira possibilita o estilo mais rústico possível.

O grande segredo é fazer escolhas as mais simples possíveis. Por exemplo, ao invés de providenciar peças grandes, cortadas em retângulos e polidas, escolha apenas troncos de árvores em pedaços longos, e mantenha-os roliços.

Como eles ficarão permanentemente expostos ao sol, vento, chuva e outras intempéries, é muito importante tratar as toras com produtos que as protejam. Soluções antifúngicas e hidrorrepelentes também são essenciais.

pergola rusticaO verniz é opcional. Se ainda achar que a madeira merece um pequeno acabamento, escolha os transparente e menos brilhantes.

Em seguida, você precisará saber de que forma desejará colocar os troncos que servirão de pilares e, então, os que se tornarão vigas. A maneira mais simples (logo, mais rústica) de fazer isso é simplesmente dispor as toras paralelamente, com espaçamento a escolher.
Se preferir mais cobertura, ele deverá ser mínimo; caso contrário, basta seguir o seu gosto.

Para reforçar o apoio às vigas, pense em instalar apoios de metal.

Mesmo se a madeira for bem pesada, não abra mão de pregá-las em suas superfícies de contato com as outras. Isso as manterá bem firmes, sem rolar e cair.

No caso de bambus e madeiras mais leves, você poderá amarrá-las. Utilize um barbante de material sintético e impermeável ou cipós também tratados contra intempéries.

Coberturas para um Caramanchão Rústico

caramanchão palhaA princípio você poderá utilizar qualquer tipo de cobertura.

Se você optar por quebrar um pouco a rusticidade do caramanchão, poderá providenciar superfícies de policarbonato ou mesmo vidro para fazer as vezes de telhado. São materiais mais leves e contemporâneos.

Cortinas finas podem ser colocadas logo embaixo, entre a cobertura e as vigas. Isso poderá garantir um ar mais natural e romântico.

Atenção: caso você opte pelo policarbonato ou vidro, será necessário investigar se será necessário eliminar a curva das toras para estabilizar melhor as peças. Isso poderá ser feito cortando verticalmente um lado inteiro dos troncos.
Também investigue qual a melhor forma de prender essas peças à madeira. Um arquiteto ou marceneiro experiente será de grande ajuda.

pergolado bambuLonas impermeáveis também poderão ser uma ótima opção de cobertura. Bastará estendê-las sobre as vigas e puxá-las ligeiramente para baixo entre uma e outra.

Todavia as escolhas mais “raízes” serão os materiais naturais, tais como esteiras de palha, bambus bem finos e, naturalmente, trepadeiras que sobrem pelos pilares até se espalharem sobre as vigas.

Melhores Pergolados para Casa de Praia ou Campo

Sim, existem algumas indicações específicas para pergolados em casas da praia ou campo.

A casa de campo não apresenta maiores restrições. Está mais livre para o uso de diferentes materiais e estruturas. Já numa casa de praia, é preciso ter mais cuidado.

Em primeiro lugar, o solo arenoso é bem mais fofo do que a terra, desestabilizando facilmente as bases das colunas. É fundamental que você realize esse projeto junto a um arquiteto ou engenheiro, já que o risco de desabamento é grande.

Segundo, você deverá dobrar os cuidados na hora de proteger a madeira ou palha: afinal, o mar traz a maresia, altamente corrosiva. Evite ao máximo o emprego de partes de metal para suportar as vigas ou cobertura.