O Pára-raios, a melhor proteçao contra os raios !

Original: https://www.fazfacil.com.br/reforma-construcao/para-raios/ Escrito por

No Brasil a incidência de raios esta entre as maiores do planeta, por isto temos que nos proteger de uma maneira eficaz reduzindo as possibilidades de prejuízos e acidentes.

A melhor proteção contra a queda de raios é oferecida pelo pára-raios, aparelho relativamente simples desenvolvido por Benjamin Franklin em 1752.

Muito usado tanto em cidades quanto no campo é um equipamento relativamente barato mas de grande eficiência.

Consta de três elementos principais – um mastro com captador, um aterramento e um cabo de ligação preso a isoladores.

para-raios esquema de montagem

Não obstante a simplicidade, os parâmetros obedecem a especificações técnicas que obrigam a contratação de pessoal ou firma com qualificações adequadas para a instalação do pára-raios.

A zona de atuação do pára-raios faz um ângulo de 55º com a ponta do captor formando um cone de segurança.

Instalação de um pára-raios em prédio:

Para-raios esquema de instalação em predios

Orientações para instaladores “habilitados”

Estas instruções detalhadas a seguir é um resumo das diretrizes da norma em vigor, a NBR-5419/2005 da ABNT, norma esta que orienta nas instalações de sistemas de pára-raios, e que deve obrigatoriamente ser seguida pelos instaladores, pois na eventualidade de algum acidente proveniente de uma negligencia na instalação ou nos materiais utilizados, o responsável responderá criminalmente pelo acidente e suas conseqüências e civilmente, no que tange a indenizações.

Estaremos dividindo em 4 tópicos básicos, as orientações sobre a instalação de pára-raios:

O primeiro o sistema de captação, ou seja, tudo aquilo que será montado sobre a edificação e suas estruturas destinadas a receber a descarga elétrica do raio.

O segundo tópico destina-se ao sistema de descidas, ou seja, tudo aquilo que for utilizado para conduzir as correntes elétricas dos raios até os aterramentos.

O terceiro tópico destina-se ao sistema de aterramento, ou seja, o que deve ser aproveitado da edificação e instalado, visando proporcionar a dissipação das correntes elétricas no solo, sem causar danos.

O quarto e ultimo tópico, será destinado às estruturas metálicas que devem ser interligadas aos sistemas de pára-raios, como forma de promover uma equalização de potenciais.

fonte: termotecnica.ind