Móveis para Áreas Externas

Escrito por

Você caprichou na decoração de interiores, mas ainda falta a área externa. Terraços, varandas, coberturas, jardins piscinas e churrasqueiras merecem toda a atenção. Afinal, uma boa arrumação, com móveis bonitos e funcionais, fazem parte do prazer que locais de lazer devem proporcionar. Veja a seguir como escolhê-los.

Mesas de centro, laterais, com guarda-sol ou ombrelones, poltronas, sofás e conjuntos de estofados, chaises, cadeiras, bancos, espreguiçadeiras…  elas podem ficar permanentemente na sua área externa.

Conheça a seguir algumas opções de material. Combinados com estofados próprios para ambientes abertos, eles farão a alegria dos seus momentos de descanso.

Características dos Móveis para Áreas Externas

Móveis para áreas externas são completamente adaptados para resistir às intempéries. Como ficam ao ar livre, devem resistir ao sol forte, chuvas intensas, ventos, umidade ou seca.

Por isso não podem rachar, trincar, soltar farpas, apodrecer, enferrujar ou soltar tinta. Tecidos devem ser impermeáveis e fáceis de limpar. Cada um desses elementos deve dispensar cuidados especiais.

Eles podem ser feitos em madeira, metal, alumínio e fibras sintéticas.

Móveis em Metal e Madeira para Áreas Externas

moveis area externa ferro

Móveis em ferro

Se você gosta do ferro em áreas externas, prefira o galvanizado. Dependendo do design, ele pode se adaptar a estilos industriais (linhas geométricas) ou mesmo românticos (linhas curvas e retorcidas).

O ferro galvanizado é bem mais resistente à ferrugem, por exemplo. Mas mesmo assim é importante passar uma camada de tinta esmalte protetora. Repita a aplicação a cada dois anos.

Contudo, evite móveis desse material se a sua casa for próxima ao mar. Mesmo a resistência do galvanizado e o tratamento com esmalte são insuficientes para lidar com a maresia.

moveis area externa aluminio

Móveis em alumínio

Já o alumínio é praticamente à prova de todas as ações climáticas e à própria maresia. Atualmente ele conta com uma variedade mais sofisticada em termos de design, muitas vezes combinado aos tecidos impermeáveis.

Uma de suas forças é sua leveza. No entanto, em regiões aonde venta muito, isso pode ser um ponto fraco, uma vez que poderá virar com maior facilidade.

Finalmente a madeira, muito popular e aconchegante, também é perfeitamente possível em locais abertos. Prefira sempre as espécies jatobá e eucalipto.

moveis area externa madeira

Móveis em madeira

Teca também é ótima, mas é mais cara, pois deve ser importada. Já o ipê leva 300 anos para crescer, portanto é ecologicamente contra-indicado.

No entanto, madeiras requerem manutenção constante.
A melhor maneira de conservá-la em áreas externas é passando um stain impregnante, específico para fazê-la resistir às intempéries. Trincas, rachaduras, farpas e até mesmo a proliferação de fungos são impossibilitados de tomar a superfície.

Como começa a descascar em alguns meses, dependendo da intensidade do clima, é importante passar novas demãos de stain regularmente.
Mensalmente, passe óleo de peroba ou de linhaça. Isso evitará que a madeira resseque. Em áreas próximas ao mar, tome esse cuidado a cada duas semanas.

Móveis Externos em Fibras Sintéticas

moveis area externa fibra sintetica

Móveis em fibra sintética

Se você não faz questão de materiais tradicionais para decorar seu espaço externo, móveis em fibras sintéticas são uma excelente alternativa. Eles foram especialmente desenvolvidos para lidar com qualquer ação climática sem precisar de manutenção alguma.
Mesmo a maresia não é capaz de deteriorá-los.

Em termos de design, são bastante próximos aos materiais naturais, principalmente a madeira e a palha. Também são oferecidos em ampla cartela de cores, indo desde os amadeirados mais claros aos mais escuros. E mesmo em tons coloridos.

O toque da fibra sintética também tende a ser mais suave e são resistentes ao calor. Mesmo após 15 minutos sob uma temperatura de 70 graus centígrados, permanece fresca.

Além disso, cada fibra tolera até 12 quilos. Como são usadas diversas numa só peça de mobiliário, são enormemente resistentes ao peso: suportam até 200 quilos por centímetro quadrado.

Feitas de polipropileno, recebem aditivos anti-UV, de modo que não mancham, não desbotam e não ressecam. Possuem tempo de uso bem maior que o de materiais naturais.

Sua manutenção é bastante simples. Use um pano úmido com sabão neutro. Enxágue com baldes básicos. Deixe secarem naturalmente, ao sol.