Principais Mármores e Granitos Nacionais

Escrito por

O Brasil está entre os dez maiores exportadores de mármores e granitos do mundo, duas pedras naturais.

O mármore é feito a partir da união de dolomita e calcita; e o granito é composto por três minerais: o feldspato, a mica e o quartzo, fazendo dele bem mais duro, menos poroso e resistente que o primeiro, riscando com menos facilidade.

Saiba Diferenciar Mármore de Granito

A diferenciação entre os tipos de mármores e entre os tipos de granito acontece por meio da observação das diversas cores, desenhos dos veios e até mesmo da porosidade. Além disso, o granito é mais mesclado do que o mármore, que é mais uniforme.

Quanto mais branco o mármore, mais puro – e, consequentemente, mais caro – ele é. No entanto o fator que mais possui impacto sobre o preço dessas pedras é seu grau de raridade: quanto mais difícil de encontrar, mais caro é.

Já para certificar-se sobre se a peça é feita de mármore ou granito, passe uma peça de metal, como um canivete, no verso: o mármore ficará mais marcado do que o granito.

Tipos de Mármores Nacionais

mármore

Chão de mármore

Existem no Brasil um número reduzido de jazidas de mármores. Por conta disso, o mercado nacional de mármore ainda conta com uma grande presença de pedras importadas.

Os principais mármores brasileiros são a aurora prata e a aurora pérola, ambas em tons mais rosados; o branco pinta azul, azulado; o branco pinta verde, esverdeado; o branco pinta cinza, mais acinzentado; e o travertino e o bege Bahia, ligeiramente bege.

Tipos de Granitos Nacionais

Ao contrário do mármore, as jazidas de granito são numerosas no Brasil, aumentando a variedade oferecida pelo mercado.

Os principais tipos de granito nacionais incluem tonalidades amareladas (amarelo Humaitá, amarelo Icaraí, amarelo maracujá, amarelo ornamental, amarelo Vitória, amarelo Santa Cecília), brancos (branco Ceará, branco Dallas, branco Siena, branco Itaúnas, branco Fortaleza, branco marfim), verdes (verde Butterfly, verde esmeralda, verde Candeias, verde Lavras, verde Ubatuba, verde pavão, verde piramirim, verde tunas), vermelhos (vermelho Brasília, vermelho Capão Bonito).

Há também os pretos (preto absoluto, preto indiano, preto São Gabriel), cinzas (cinza andorinha, cinza Corumbazinho, cinza Corumbá, cinza Mauá), marrons (marrom castor, marrom São Paulo), cafés (café Bahia, café imperial), azuis (azul sucuru, Blue Star) e rosa.

Entre os padrões particulares estão o arabesco, diamante negro, kinawa, ocre Itabira e ouro Brasil.

Diferentes Usos de Mármores e Granitos na Decoração

parede marmoreComo vimos, tanto o mármore quanto o granito são pedras consideradas nobres e de alta qualidade. No entanto, para melhor aproveitamento, existem áreas mais indicadas para um e para outro.

Em linhas gerais, o mármore deve ficar em ambientes internos. Isso porque a acidez da chuva, a poluição, o tráfego intenso e as intempéries tendem a desgastá-lo com o passar do tempo.

No entanto a cozinha também não é o local ideal para o emprego do mármore: por ser poroso, absorve mais a gordura e mancha com mais facilidade.

Além disso, mesmo se impermeabilizado, perde o brilho sob a ação de materiais de limpeza pesada, café, vinho, limão ou vinagre, e podem trincar em contato com panelas quentes.

Pelos mesmos motivos, áreas de churrasqueira devem dispensar o mármore.

Em todos os casos citados acima prefira o granito.

Em contrapartida, o mármore é ideal para revestir paredes e pisos de salas, banheiros, lavabos e, se for do agrado do morador, até mesmo os quartos. Ele é mais leve que o granito.

Granitos também ficam maravilhosos em pisos e em todo o banheiro.

Mármores e Granitos Nacionais: Onde Encontrar

As principais jazidas de mármore do Brasil estão localizadas no Espírito Santo, que distribui a rocha para as principais cidades brasileiras.

O granito também é retirado principalmente do Espírito Santo, mas também de Minas Gerais e do Ceará. Assim como o mármore, é levado para pontos de vendas localizados em todo o país.