JANELAS de madeira – o chumbamento das esquadrias!

Escrito por

 

 

 

Esquadrias de madeira…

A boa instalação das esquadrias é muito importante, o bom funcionamento das esquadrias depende de sua correta instalação, pois uma instalação deficiente pode comprometer todo o desempenho da esquadria e consequentemente de sua porta ou janela.

Para uma boa fixação da esquadria, é importante a existência de tacos de madeira bem chumbados na alvenaria.

Ou se preferir, para a utilização de espuma expansiva deverá ser efetuado o reguamento interno no vão.

Os tacos devem ser colocados durante a execução da alvenaria;

Colocação de contra-marcos antes da execução do reboco, pisos e azulejos;

Colocação das esquadrias externas, após o reboco e a colocação dos azulejos;

Colocação das esquadrias internas, após a colocação do piso, aplicação de massa corrida ou selador e pintura nas paredes

Não use pregos para fixar esquadrias e portas, use somente parafusos, 2 para cada taco.

De preferencia a esquadria deve ser instalada por profissional habilitado

Madeiras utilizadas

Algumas das madeiras utilizadas nas esquadrias são:  Freijó, Cedrorana, Cedro Rosa, Louro-vermelho, consideradas madeiras macias (ou leves).

Soleiras e Marcos (uso externo) ;  Ipê, Cumaru e Grápia que são consideradas madeiras duras (mais pesadas e resistentes).

Para o bom funcionamento e a durabilidade das esquadrias de madeira

A instalação dos contra-marcos não é indispensável, mas é importante e cabe ao proprietário decidir se quer ou não; pois protegem as esquadrias dos danos que podem ser causados pelas demais atividades da construção e auxilia o construtor no correto preparo do vão para receber a esquadria.

A colocação das esquadrias, deve ser executada por pessoal qualificado para tal, sob pena de comprometer o funcionamento das mesmas. Deve ser realizada preferencialmente por pessoal da fábrica.

A madeira deve receber, antes ou logo após a instalação das esquadrias, produto de proteção, que lhe confira resistência á chuva e ao sol, a fim de evitar manchas e empenamentos.

Entre a primeira demão com finalidade de proteção, e a demão final de acabamento, outras aplicações se farão necessárias, de acordo com o nível de exigência do proprietário da obra e com o tempo que demorou a construção.

Entre uma e outra demão, a superfície tem que ser novamente lixada.

Por ocasião da pintura, deve-se ter o cuidado para não pintar as ferragens, os trilhos, as borrachas e outros acessórios de vedação.

Por ocasião da colocação de vidros, utilizar preferencialmente silicone, a fim de evitar infiltrações de água e possíveis vibrações.

Na limpeza das esquadrias, não fazer uso de produtos químicos, tais como, soda, ácidos e solventes que possam danificar a madeira e ou as ferragens.

Nos cilindros das fechaduras, utilizar somente grafite em pó para sua lubrificação.

Manter limpos os trilhos, caneletas e canais de escoamento de água.

fonte: www.esquadriasprimos.com.br