VIDROS para JANELAS : Instalação dos vidros em janelas!

Escrito por

Na hora da escolha demo tipo de vidro voce deve partir de princípios básicos visando atender e suprir necessidades como:

segurança, conforto, economia e sáude (iluminacão, temperatura e isolamento).

Vidro simples

É um vidro tipo cristal, econômico e muito usado nas esquadrias.

O vidro simples pode ser encontrado de 4 mm até 8 mm de espessura.

Vidro temperado

É um vidro bastante resistente, difícil de ser quebrado, porém, quando exposto a um forte impacto vem a estilhaçar em pequenos pedaços não cortantes.

Vidro laminado

O vidro laminado oferece um grau de segurança bastante elevado.

Através de um ou mais filmes de polivinil de butiral, um material plástico extremamente resistente e durável que, em casos de choque, os fragmentos aderem-se ao filme de PVB, ficando retidos no plástico, oferecendo segurança máxima em qualquer instalação.

Vidro duplo

É o vidro que atende às exigências dos mais novos conceitos arquitetônicos – a economia, conforto, estética e a segurança.

O vidro duplo é um grande aliado da economia, auxilia na redução da potência instalada em equipamentos de refrigeração ou de aquecimento, ajuda na redução dos gastos de energia por possuir um alto isolamento térmico, oferecendo maior conforto, tornando-se indispensável no regime inverno-verão, em qualquer tipo de edificação.

O vidro duplo oferece também um ótimo isolamento acústico, reduzindo consideravelmente os ruídos externos, proporcionando maior conforto ao ambiente.

Esquadrias

De um modo geral, as esquadrias de madeira são entregues sem vidros.

Por diversas razões, tais como:

– Diminuição do peso da esquadria para fins de transporte e instalação.

– Eliminação do risco da quebra de vidros durante as fases de transporte e instalação.

Esta prática, no entanto, cria o inconveniente de repartir responsabilidades.  O vidraceiro passa a assumir uma parcela da responsabilidade no desempenho da esquadria.

Na eventual ocorrência de problemas com infiltração de água, o cliente precisa identificar qual é o responsável para o qual deverá dirigir sua solicitação de conserto, garantia e/ou manutenção.

 

Video: Vidros, Fechaduras e Dobradiças I

fontes:feciv.ufu.br   /   weiku.net