Como Distribuir Quadros nas Paredes

Escrito por

 

Qualquer ambiente se torna mais agradável e completo quando decorado com bons quadros.

Além de trazerem um visual sofisticado e elegante, eles carregam um tom pessoal e significativo de acordo com a obra ou fotografia que estampam, expressando a personalidade dos moradores.

Na hora de decorar seu lar, é muito importante saber dosar e posicionar esses elementos, para que nada fique exagerado ou fora do estilo desejado.

Confira agora algumas dicas simples que modificarão completamente sua maneira de organizar molduras e quadros.

Localização dos Quadros na Parede

quadro sofáA altura dos quadros deve ser pensada a partir da perspectiva de quem passa pelo cômodo e visualiza as imagens.

Por isso, eles devem estar em uma posição que não seja nem muito alta e nem muito baixa, levando em consideração a altura do teto e o posicionamento dos móveis.

A posição ideal é aquela que se encontra na altura do olhar, num intervalo de espaço que se estende por um metro a partir do ponto médio (afinal, nem todas as pessoas possuem a mesma altura, o que significa que essa altura também é variável).

Para chegar a esse efeito ideal, as medidas mais recomendadas são:

  • 30 cm acima de um móvel;
  • 1,70 a partir do chão, quando for ficar acima de um sofá – ou de 15 cm a 20 cm acima do encosto do mesmo;
  • Na sala, 1,50 m a partir do chão;
  • Num corredor, 1,70 m a partir do chão.

Lembre-se sempre de centralizar o quadro sobre o móvel. Para isso, basta tirar a medida do mesmo e encontrar o ponto médio.

Pendurando Quadros

Os pregos de aço ou parafusos mais indicados são os de número 6 – maiores que isso, podem não ficar firmes o suficiente e comprometer a firmeza do quadro.

Pregos devem ser empregados para pendurar quadros mais leves; parafusos, para os mais pesados, principalmente em paredes onde os pregos não conseguem se fixar apropriadamente, como as de bloco ou tijolo baiano.

Marque, com um lápis, o ponto exato aonde o pendurador do quadro encontrará o prego ou o parafuso na parede. Coloque uma fita adesiva sobre o ponto marcado, de modo a evitar que o reboco ao redor se quebre na hora de furar ou martelar.

Também com fita adesiva, prenda um saco plástico abaixo dessa marca, de modo que a poeira produzida pela furadeira caia ali, evitando sujar a área.

A furadeira pode ser usada tanto para abrir um buraco para a bucha e o parafuso quanto um furo superficial para facilitar a entrada do prego na hora de usar o martelo.

Dicas de Decoração com Quadros

Molduras

quadros salaAposte sempre em molduras minimalistas, que evitem exageros e possibilitem uma mistura de estilos.

A melhor maneira de obter um visual elegante é através de peças clássicas e mínimas, que valorizem as imagens em vez de chamar atenção para si mesmas.

As molduras perfeitas para isso são as de espessura fina, sobretudo as de cor preta ou branca. Quando combinadas juntas, elas geram um visual uniforme e organizado.

Se houver uma moldura mais elaborada ou chamativa, a alternativa é utilizá-la como ponto central, colocando-a como elemento principal em meio a outros mais discretos.

Nada de colocar mil cores e diferentes estilos: molduras padronizadas conferem um ar mais sofisticado ao cômodo, além de adequar-se mais facilmente com a mobília e demais acessórios.

No caso da escolha de cores claras, por exemplo, use e abuse do branco nas molduras, nos quadros e até mesmo nas fotografias.

Se você optar por molduras escuras, a dica é escolher apenas fotografias em preto e branco para decorarem as paredes. Essa mistura mais uniforme facilita também na hora de prestar atenção a cada imagem, evitando que elas se tornem um borrão confuso e desagradável.