Como Reaproveitar o Berço do seu Filho

Escrito por

Se você não tiver uma futura mamãe em vista para herdar o berço do seu filho – ou se, de repente, preferiu entrar na onda do quartinho montessoriano – você pode reaproveitar o móvel de algumas maneiras bem criativas. Confira a seguir algumas delas.

Reutilizando o Berço para Fazer uma Escrivaninha

escrivaninhaSem muito esforço você pode transformar o berço do bebê numa escrivaninha. Neste caso é importante que as cabeceiras do móvel sejam retas.

Assim, basta providenciar um tampo e apoiar sobre elas.

O tampo poderá ser de vidro ou madeiras. Fica à sua escolha.

Use uma das fileiras de grade como uma prateleira e o próprio estrado da cama como uma terceira.

mesa de estudosO próprio bebê que cresceu pode ganhar sua primeira mesa de estudos a partir de seu bercinho.

A ideia é semelhante à anterior mas dispensa o tampo de cima, pois ficará alto demais para ele.

Então utilize o estrado, instalando-o numa altura adequada para o pequeno.

Aproveite as grades do restante do berço para pendurar itens que façam parte dos momentos de arte e estudos.

Use as Grades do Berço para Criar Painéis

Painéis são altamente funcionais. Eles guardam objetos de uma forma inteligente pois organiza os itens de forma vertical, economizando espaço em ambientes mais reduzidos.

Além disso esses objetos ficam sempre à vista, agilizando suas tarefas.

Lance mão das grades do berço do seu filho e pendure-as nas paredes do seu ateliê de costura, por exemplo. Ele poderá abrigar seus metros de tecido.

Na cozinha ele poderá servir de base para pendurar suas panelas e outros utensílios.

E na garagem para acomodar ferramentas.

Na falta de um bom varal, que tal apostar nas grades do berço? Mas deve ser temporário, já que a madeira poderá apodrecer com o tempo e o metal enferrujar.

Bancos Feitos a Partir de Berços

Outra grande utilidade para um berço sem destino é transformá-lo num banco bem charmoso.

Para isso basta retirar um dos lados de grades (e quem sabe transformá-lo num painel!) e descer o estrado até uma altura adequada. Este, por sua vez, deverá ser forte o suficiente para suportar o peso de duas pessoas.

Caso você não confie muito nele, reforce com cordas ou correntes presas ao teto.

Providencie uma almofada para que as pessoas se sentem com mais conforto.