Como Montar seu Ateliê de Artesanato

Escrito por

Seja em casa, seja numa sala localizada num endereço comercial, o sonho de trabalhar com autonomia sempre esteve mais próximo de quem produz artesanato. Saiba como montar seu ateliê de maneira criativa e funcional.

Para que o seu trabalho com artesanato seja mais rentável, é muito importante planejar um ateliê que possibilite a organização do seu material.

Confira a seguir as nossas dicas e monte um espaço estimulante e prático para realizar suas criações.

Ateliê de Artesanato: Defina um Espaço

mesa nichosVocê pretende montar seu ateliê de artesanato em casa ou numa área compartilhada com outros profissionais. Logo, o primeiro passo é delimitar um espaço para você e o seu trabalho.

Isso pode ser feito pintando paredes de uma cor diferente, utilizando tapetes e arrumando a mobília necessária bem certinha, dentro dos limites.

Se for o caso de estabelecer mais privacidade, ou mesmo separar mais marcadamente o seu ateliê para que a inspiração flua melhor, pense em empregar biombos, cortinas ou divisórias simples.

Se você possui um cômodo totalmente dedicado, ainda melhor.

Aproveite as Paredes para Organizar os Itens do Ateliê

prateleiras suspensas palets

Prateleiras suspensas de palets

Utilizar as paredes não só economiza área disponível como também ajuda, e muito, a visualizar os itens do artesanato. Afinal, eles costumam ser muitos em diversidade e quantidade.

Prateleiras, por exemplo, são a forma mais lembrada de organizar seu material verticalmente. A vantagem é que elas podem ser encontradas em qualquer lugar, em muitos materiais e dentro de uma faixa de preço bem ampla.

Ainda melhor: você pode improvisar prateleiras com objetos que você já tem em casa.

Nichos e estantes, da mesma forma, são ótimas aliados. Você pode utilizar palets para montar a sua ou utilizar suas partes para criar frisos finos junto às paredes, capazes de comportar livros, revistas e manuais.

pegboard

Quadro pegboard são muito úteis para ateliês de artesanato

O pegboard, no entanto, é especial. Trata-se de um painel de eucatex com vários furos, muito versátil.

Nele é possível pendurar utilidades, como porta-lápis, tesouras, quadros de anotação e vários outros objeto.

Se o seu ateliê é de costura, você pode pendurar ali os carretéis de linha e utilizá-los na máquina sem nem tirá-los do lugar. Rolos de fitas e elásticos também se tornam muito mais práticos em pegboards.

Inove nos Móveis e Organize seu Ateliê

mesa tampo vidroPense bem na hora de escolher uma mesa para seu espaço artesão: elas devem suportar o peso ou a pressão que você exercerá em cima dela.

Como ali você vai executar o trabalho mais “grosso” e dará os toques finais da peça, o ideal é que ela se assemelhe a uma bancada. Reutilize uma porta velha ou uma mesa de jogos – como uma de pingue-pongue – para esse fim.

Se preferir comprar uma mesa pronta, aposte naquelas que vem com gavetas amplas. Considere colocar divisórias dentro delas, para otimizar a área e manter todos os menores objetos no lugar. Se o tampo for de vidro, melhor!

Também existem modelos com nichos laterais. No entanto, como eles ficam menos expostos aos olhos, reserve-os para objetos que você usa com menos frequência.

Montando seu Ateliê: Dicas para Economizar

friso paletsAlém do reaproveitamento de materiais já existentes, conforme vimos acima, existem outras dicas para economizar na hora de montar o seu ateliê.

Uma delas é investir em máquinas de segunda mão. Até que o seu negócio dê retorno, um equipamento usado em bom estado não comprometerá o resultado final e será mais barato.

Não compre rigorosamente tudo o que você precisa em quantidades enormes. Embora seja mais barato adquirir itens em maior número, exageros podem levar ao prejuízo.

Se você não vender como pensava, por exemplo, ficará com muita matéria prima imobilizada – e ocupando espaço.

Texto elaborado por Evelyn Setúbal, editora de conteúdos SEO e tradutora do site Habitissimo.